Página inicial > Palavras-chave > Escritores - Obras > Enéada III, 3 Enéada III, 3 (48)

Enéada III, 3
Enéada III, 3 (48)

    

PLOTINO   - TRATADO 48 (III, 3) - DA PROVIDÊNCIA (II)

Porfírio   dividiu o tratado sobre a providência em duas partes, sendo esta a segunda parte e a primeira constando do Tratado-47. [Brisson  ]


  • Cap 1, 1-6: As razões são o ato de uma alma   total e as partes das razões são o ato de almas parciais; a razão   universal   contém as coisas más e as coisas boas.
  • Cap 1, 7 a cap 2: Tudo pertence a uma só e mesma ordem universal.
  • Cap 3: não se deve culpar nem o produtor nem o produto; as coisas devem ser desiguais, posto que elas se afastam do princípio.
  • Cap 4: O estatuto do homem  
    • Cap 4, linhas 1-18: O homem possui um princípio superior e livre que se harmoniza à providência e à razão total
    • Cap. 4, linhas 18-54: Este princípio livre não está presente   em todo homem; é certamente a razão e não a matéria que domina no homem; as vidas anteriores determinam a natureza desta razão
  • Cap 5: O estatuto da providência
    • Cap 5, linhas 1-14: A providência não é igual por toda parte
    • Cap 5, linhas 14-20: Há uma só providência, que é pura providência lá e destino aqui.
    • Cap 5, linhas 20-32: As boas ações se inserem na providência e as más são corrigidas
    • Cap 5, linhas 33-54: Os males são necessários e vêm de nós  
  • Cap 6: A arte dos adivinhos se funda na ordem que reina no universo   e na analogia   que existe entre as coisas terrestres e as coisas celestes
  • Cap 7: Abolir o inferior  , seria eliminar as realidades superiores de onde provêm e a providência que toma conta dele