Página inicial > Palavras-chave > Escritores - Obras > Tratado 54 Enéada I,7 Enéada I, 7 Ennead I,7 Ennead I, 7 Ennéades I,7 Ennéades (...)

Tratado 54
Enéada I,7
Enéada I, 7
Ennead I,7
Ennead I, 7
Ennéades I,7
Ennéades I, 7
I, 7
I,7

PLOTINO   - TRATADO 54 (I, 7) - DO PRIMEIRO BEM E DOS OUTROS BENS

Plotino   teria concluído a redação de sua obra com este pequeno tratado, de número 54 na ordem cronológica apresentada por Porfírio  . Eis que nos parece surpreendente. O tema tem certa generalidade, mas tem um porte conclusivo que não parece se restringir ao conteúdo de seus três capítulos. Sua questão liminar não parece comandar o conjunto de seu desenvolvimento e, a bem dizer, não introduz nenhum elemento de doutrina, nem persegue o exame de uma questão que lhe seria própria. Temos aí uma conclusão, que certamente não é a conclusão geral do conjunto dos escritos de Plotino  , mas aquela de um argumento consagrado à maneira como a alma pode possuir o Bem e se separar do corpo. Os três capítulos parecem assim terem sido retirados artificialmente por Porfírio   de um outro texto, ao buscar o número "mágico" 54 para apresentar os escritos de Plotino  . [Brisson  ]


Capítulo 1: Como se possui o Bem?
  • 1-5: O bem de cada coisa é sua atividade perfeita
  • 5-7: O bem para uma coisa e o Bem absoluto
  • 7-13: As duas maneiras de possuir o Bem (se assimilar a ele ou exercer sua atividade para ele)
  • 13-fim: O Bem é aquilo para o qual se exercitam todas as atividades e aquilo que todas as coisas estão suspensas; está acima delas todas.

Capítulo 2: Toda coisa possui o Bem

  • 1-6: Tudo que é partícipe ao Bem e ao inteligível, como uma imagem.
  • 6-fim: Por intermédio do Intelecto, o que vive pode se assimilar ao Bem.

Capítulo 3: A vida é um bem graças à virtude e ao favor da separação do corpo.