Página inicial > Gnosticismo > Evangelho de Tomé - Logion 78

Evangelho de Tomé - Logion 78

terça-feira 16 de agosto de 2022

    

Pla

Jesus   disse: Porque haveis saído pelo caminho  ? Para ver uma cana agitada pelo vento  ? Para ver um homem   levando sobre si vestes delicadas? Vossos reis e grandes personagens levam sobre si vestes delicadas e não poderão conhecer a verdade.

Puech

78. Jésus a dit : Pourquoi êtes-vous sortis dans la campagne ? Pour voir un roseau agité par le vent et pour voir un homme ayant sur lui des vêtements délicats? [Voici que, vos] rois et vos grands personnages, ceux-là ont sur eux des [vêtements] délicats, et ils ne pourront connaître la vérité.

Suarez

1 Jésus a dit : 2 pourquoi battez-vous la campagne ? 3 Pour voir un roseau agité par le vent 4 et pour voir un homme 5 ayant sur lui des vêtements délicats ? 6 Là sont vos rois et vos grands ; 7 ceux-ci ont sur eux des vêtements délicats 8 et ils ne pourront connaître la vérité.

Meyer

78 (1) Jesus said, “Why have you come out to the countryside? To see a reed shaken by the wind? (2) And to see a person dressed in soft clothes, [like your] rulers and your powerful ones? (3) They are dressed in soft clothes, and they cannot understand truth.” [Cf. Matthew   11:7–8 (Q); Luke 7:24–25 (Q)]

Canônicos

VIDE: João Batista

mt.11.7 τουτων δε [BUT AS THESE] πορευομενων [WERE GOING] ηρξατο ο [BEGAN] ιησους [JESUS] λεγειν [TO SAY] τοις [TO THE] οχλοις [CROWDS] περι [CONCERNING] ιωαννου [JOHN,] τι [WHAT] εξηλθετε [WENT YE OUT] εις [INTO] την [THE] ερημον [WILDERNESS] θεασασθαι [TO LOOK AT?] καλαμον [A REED] υπο [BY «THE»] ανεμου [WIND] σαλευομενον [SHAKEN?]

mt.11.8 αλλα [BUT] τι [WHAT] εξηλθετε [WENT YE OUT] ιδειν [TO SEE?] ανθρωπον [A MAN] εν [IN] μαλακοις [SOFT] ιματιοις [GARMENTS] ημφιεσμενον [ARRAYED?] ιδου [BEHOLD,] οι [THOSE WHO] τα [THE] μαλακα [SOFT «GARMENTS»] φορουντες [WEAR] εν [IN] τοις [THE] οικοις των [HOUSES] βασιλεων [OF KINGS] εισιν [ARE.] (Mt 11,7-8)


lk  .7.24 απελθοντων δε [AND HAVING DEPARTED] των [THE] αγγελων [MESSENGERS] ιωαννου [OF JOHN] ηρξατο [HE BEGAN] λεγειν [TO SPEAK] προς [TO] τους [THE] οχλους [CROWDS] περι [CONCERNING] ιωαννου [JOHN :] τι [WHAT] εξεληλυθατε [HAVE YE GONE OUT] εις [INTO] την [THE] ερημον [WILDERNESS] θεασασθαι [TO LOOK AT?] καλαμον [A REED] υπο [BY «THE»] ανεμου [WIND] σαλευομενον [SHAKEN?]

lk.7.25 αλλα [BUT] τι [WHAT] εξεληλυθατε [HAVE YE GONE OUT] ιδειν [TO SEE?] ανθρωπον [A MAN] εν [IN] μαλακοις [SOFT] ιματιοις [CLOTHING] ημφιεσμενον [ARRAYED?] ιδου [BEHOLD,] οι [THEY WHO] εν [IN] ιματισμω [CLOTHING] ενδοξω [SPLENDID] και [AND] τρυφη [IN LUXURY] υπαρχοντες [ARE LIVING] εν [IN] τοις [THE] βασιλειοις [PALACES] εισιν [ARE.] (Lc 7,24-25)


Roberto Pla  

Separado das afirmações de Jesus a respeito de João Batista com as quais este logion aparece ligado nos evangelhos   de Mateus e Lucas, parece mais fácil interpretá-lo em seu puro sentido de ser uma definição do homem “visível  ”, do homem que a gente pode ver em todas as partes.

O corpo do homem, visível, é assim restrito a uma cana (oca?) que o vento, ou quiçá a paixão agita (gr. anemos é vento e paixão forte  ). É certo que essa cana primária — o corpo do homem — não costumamos vê-lo desnudo senão vestido, e em muitas ocasiões, quando desempenha na terra   a função de ser personagem, costuma cobrir-se com trajes custosos, às vezes complicados e brilhantes... Mas isto não muda sua condição de ser uma cana movida pelo vento. De qualquer forma, a cana não pode conhecer a verdade. (v. imagem da cana ao vento em Jalaluddin Rumi  , abertura de seu MASNAVI).

Esta é a definição “realista” do homem “visível”, sustentada e explicada por Jesus no evangelho. Insistamos: do homem “visível”.

Muitos exegetas afirmaram depois que o homem “completo”, agora e sempre, é uma conjunção inseparável da paixão (invisível embora perceptível), e da “cana”, elevadas ambas coisas à imortalidade  , ao conhecimento da verdade.

Outros, ao contrário, firmes em conceder ao sentido da vista a máxima e às vezes a única fiabilidade, opinam que o que chamamos “homem” é somente a cana “visível” e sua experiência do vento (gr. anemos), uma conjunção que dá por si só o homem completo.

No entanto, quando Jesus quis, segundo o quarto evangelho, descrever o homem completo, duas vezes nascido, primeiro de mulher e depois do Espírito  , evocou juntamente ao homem visível e ao invisível: a cana e o vento com as funções e as terminações próprias de ambos:

  • O vento (pneuma) sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. (Jo 3,8)

O vento sopra na cana visível e esta experimenta a ação de todos os ventos: do primeiro vento (anemos) como paixão, e do segundo vento (pneuma) como Espírito cujo desígnio o é desconhecido  , porque o Espírito “não é deste mundo”.

Em qualquer dos casos a cana é visível e mortal, carne   nascida da carne, mas o “nascido do Espírito, é espírito” e como tal, é imortal e invisível.

  • O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. (Jo 3,6)

E este e não outro é o cumprimento do Mistério em Cristo, pois o espírito, nascido em Espírito, conhece a verdade que o foi reservada desde o princípio dos tempos.


Ver online : Evangelho de Tomé