Página inicial > Modernidade > Mario Ferreira dos Santos Anaxagoras

Mario Ferreira dos Santos Anaxagoras

domingo 20 de março de 2022

    

ANAXÁGORAS
Anaxágoras   de Clazomenes — Filósofo e matemático grego, nascido em 500 a. C, em Clazomenes, morto em 426. Segundo os antigos, foi iniciado nas doutrinas jônicas por Anaximenes de Mileto. Por amor ao estudo, abandonou sua pátria e seus bens. Durante trinta anos ensinou filosofia em Atenas e teve por discípulos a Péricles provavelmente, e Sócrates  , Temístocles, Tucídides, Demócrito, Empédocles   e Eurípedes.

A originalidade de sua doutrina   estava na aceitação de um espírito   ordenador do mundo, (o nous - Nous, cuja idéia influiu na formação da idéia da Razão  , de Sócrates), que ele não confundia com os deuses do politeísmo  . Foi por isso acusado de impiedade. Mas Péricles salvou-o da morte. Obrigado a fugir  , terminou seus dias em Lapsa-que. Anaxágoras é um dos primeiros filósofos gregos que escreveram sua filosofia, mas suas obras se perderiam. Existem fragmentos nas obras de Platão, Aristóteles, Cícero  , Diógenes Laércio e Esobeu.

Temas: Os sentidos, por débeis, não nos permitem discernir a verdade (frag. 21). Mas a experiência, a sabedoria  , a memória e a arte nos auxiliam no entendimento. «... Não é possível saber a multidão das coisas distintas, nem por meio da razão, nem por meio da experiência» (frag. 7). Esse aparente cepticismo de Anaxágoras refere-se à verdade. É qualitativo, não quantitativo, porque reconhece uma permanente identidade   descoberta pela razão (nous).

Anaxágoras não aceita o perecimento nem a morte das coisas, mas um desdobrar-se. Cada coisa compõe-se e decompõe-se de coisas já existentes (frag. 17), concluindo, daí, a invariabilidade quantitativa do todo, que todas as coisas não se encontram em maior ou menor quantidade, porque nunca podem ser mais que todas (frag. 5).

O princípio dos seres são as homeomérias. O ser   é composto de partículas (mere) que são similares (homia), de onde deriva o que chamou homeomérias.

Há em Anaxágoras um ponto a ressaltar: com ele se inicia a passagem da fase do interesse   meteorológico, que era a espinha dorsal dos primeiros jônicos, para o interesse fisiológico. O problema cosmológico cede para o antropológico. Deduz-se essa interpretação   da aplicação que A. faz das homeomérias para explicar a nutrição.

As homeomérias são invisíveis. Elas compõem todas as coisas. Não se poderia compreender a nutrição dos corpos de outra maneira. No pão, na água, no ar, estão as homeomérias, que se transformam em carne  , cabelos, sangue  . Note-se a semelhança   da teoria   das homeomérias com a teoria atômica de Demócrito. Assim conclui: em cada coisa há partículas de cada coisa (frag. 11). Afirmava a inseparabilidade dos seres e dos contrários  : «... são inseparáveis o frio do calor, o calor do frio» (frag. 8).

O conceito do infinito   em A. toma três aspectos: aceita o infinitamente grande (a totalidade   do universo), o infinitamente pequeno (os infinitesimais indiscerníveis, homeomérias), o infinitamente múltiplo (a composição infinita de seu discípulo   Eurípedes afirmava que o "nosso intelecto é, cada coisa) (frag. 1, 3).

O nous - Nous de Anaxágoras é o Intelecto, Inteligência, Mente  , Espírito. É o espírito ordenador de todas as coisas. Já ein cada um de nós, a divindade  «. Para Aécio o»Nous, ordenador do mundo, é a divindade". O Nous é infinito, auto potente, em nada se mistura com outras coisas, é o ordenador de todas as coisas. O Nous deu movimento   ao todo e criou todas as coisas (frag. 12, 13,15).

Anaxágoras representa uma tentativa de conciliação entre os Eleáticos e Heráclito  . Enquanto aqueles negavam o devir como ilusão   dos sentidos, Heráclito afirmava que o ser permanente era uma aparência. A. busca harmonizá-los: reconhece no ser o qualitativamente invariável, o imperecedouro, que o ser é o que não «tem devir», mas que a diversidade das coisas não é uma ilusão. Demócrito, depois, vai tentar essa reconciliação de maneira mais perfeita que a de Anaxágoras e a de Empédocles.

Sua teoria cosmológica de que o sol  , a luz  , os astros desprenderam-se pela força do movimento universal   de rotação, é uma antecipação   da hipótese de Kant  -Laplace. Pressentiu também a gravidade  . Foi o primeiro a dar uma exata explicação das fases e eclipses da lua  . Em muitos outros tópicos, há passagens que hoje seriam julgadas profundamente pueris.