Página inicial > Imaginal > Chenique (BA:42-43) – metafísica e sobrenatural

Chenique (BA:42-43) – metafísica e sobrenatural

quarta-feira 5 de outubro de 2022

      

Etimologicamente "metafísico" significa "sobrenatural", isto é, que está além da natureza. É tentador dizer: a metafísica é o estudo e o conhecimento do sobrenatural, ou mesmo o conhecimento metafísico é o conhecimento da ordem   sobrenatural. Mas a palavra "sobrenatural" tem, na teologia católica, um significado muito preciso que não deve ser desviado. Como especificaremos um pouco mais adiante, o “sobrenatural” é o que é dado ao homem   “gratuitamente”, “por graça”, que não é exigido ou exigível por sua própria natureza.

O conhecimento metafísico é natural   ou sobrenatural? Todos os manuais de filosofia escolástica que conhecemos dizem que ele é de ordem natural e procede da razão. As posições tomistas parecem ir nessa direção, mas São Boaventura  , como vimos, não concebe um conhecimento verdadeiro que seja de ordem puramente natural. Esta é a opinião   que seguimos.

O conhecimento metafísico é uma intuição   intelectual pela qual o intelecto   contempla os primeiros princípios; é propriamente um conhecimento não humano, e o intelecto é ele mesmo não humano, no sentido de que permite ao homem terreno ir além dos limites de sua individualidade empírica. É por isso que o conhecimento metafísico é verdadeiramente sobrenatural. [1].


Ver online : François Chenique – Le Buisson ardent


[1Isso implica que o homem não pode adquirir conhecimento metafísico apenas por sua força humana (v. GuenonIGEDH, 2ª parte, capítulo V).