PhiloSophia

PHILO = Apreço + SOPHIA = Compreensão

Página inicial > Oriente > Wei Wu Wei > Wei Wu Wei (PP:P2): a ilusão suprema 2

Wei Wu Wei (PP:P2): a ilusão suprema 2

terça-feira 31 de março de 2020

tradução

Na ausência? dos conceitos? relacionados e interdependentes de "espaço?" e de "tempo?", nenhum elemento? do universo? aparente? poderia ser concebido, conhecido ou aparentemente experimentado, e nenhuma "entidade?" poderia ser imaginada para conhecer? ou experienciar qualquer tal elemento.

Portanto, não pode haver nenhuma entidade factual a ser nascida, ser "vivida" ou a ser "morta", nem qualquer objeto? factual a ser trazido à existência? ou retirado da existência.

E segue-se que todos os fenômenos são apenas tais, isto é, aparição na mente?, percebida e conhecida pela mente ela mesma, por meio? da dicotomia? de divisão? em sujeito? e objeto, e o processo? resultante de raciocínio? pela comparação de contrapartes mutuamente dependentes e opostas que constitui o processo de conceituação.

Original

In the absence of the related and interdependent concepts of ’space’ and of ’time’ no element of the apparent universe could be conceived, could be cognised or apparently experienced, and no ’entity’ could be imagined in order to cognise or experience any such element.

Therefore there cannot be any factual entity to be born, to be ’lived’, or to be ’killed’, nor any factual object to be brought into existence or taken out of existence.

And it follows that all phenomena? are only such, i.e. appearance in mind, perceived and cognised by mind itself, by means of the dichotomy of division into subject and object, and the resulting process of reasoning by the comparison of mutually dependent and opposing counterparts which constitutes the process of conceptualisation.


Ver online : POSTHUMOUS PIECES [PP] - PREFACE [P]