Página inicial > Palavras-chave > Termos > boulesis / boúlêsis / boúlesis / βούλεσις / βούλομαι / βουλή / ekousios / εκούσιος (...)

boulesis / boúlêsis / boúlesis / βούλεσις / βούλομαι / βουλή / ekousios / εκούσιος / voluntário / hekousíou / hekousíōs / εκούσια / ekousia / ekoúsion / akoúsion / akousion / akoúsia / ἄκων / akoun / involuntário / espontâneo / ekousiou / ekousios / θέλημα / thelêma / ἔφεσις / éphesis / bouleusis / βούλευσις / boúleusis / deliberação / λογίζεσθαι / consideração / ponderação / συμβουλεύεσθαι / eleutheria / ἐλευθερία / αυτεξούσιον / liberum arbitrium

gr. βούλεσις, boúlêsis, boúlesis (he): vontade espontânea, diferente da vontade deliberada (proaíresis). É, de alguma maneira, um desejo afirmado, que não obedece à razão (Platão  , Leis  , III, 687e). O querer em Platão   se refere a algo bom.


βούλησις é um propósito, um desejo, uma intenção. Escolhemos o substantivo «anseio» para o traduzir, para assim o diferenciarmos de termos afins. O anseio é a relação que o Humano tem com o impossível. [CaeiroEN  :290 Nota]
gr. θέλημα, thelêma. Platão   fala com frequência de um querer, desejar (boulesis) ou ansiar, mas não de uma instância ou faculdade que mais tarde será chamada «vontade». PLotino   adota mais o termo thelema como um querer, vontade, especialmente para o Uno.
gr. βούλευσις, boúleusis: deliberação, reflexão. O ato intelectual da deliberação é o exame de uma proposição, de uma tese ou de um assunto com vistas a uma decisão.
gr. βουλή, boule = conselho. Formado por cada uma das quatro classes, com 90 membros por classe, eleitos por um ano. Eleição complexa por cinco dias. O Conselho se divide em 12 seções de 30 conselheiros denominados prytaneis, que convocam e presidem assembleias. βουλή era a assembleia deliberativa, a sede de deliberação.
ἄκων, ákoun: espontâneo, involuntariamente, contra a vontade. Platão   assim formula os paradoxos socráticos da moral: "ninguém faz o mal voluntariamente" (Protágoras  ).
gr. ἐλευθερία, eleutheria = liberdade. A falta de liberdade se dá por uma deficiência de conhecimento (Platão  , Lisis  ). Gandillac   afirma, segundo Plotino  , o grego ἐξουσία, exousia como liberdade tanto aquela do Uno quanto das almas singulares, mais afirmada que demonstrada.