Página inicial > Palavras-chave > Personagens > Hénoch / Enoque / Enoch

Hénoch / Enoque / Enoch

      

A literatura apocalíptica de mais ou menos 200 A.E.C, a 200 E.C. é o verdadeiro domínio dos anjos  , e está ligada a Enoque. Misterioso patriarca de quem nos dizem apenas que "andava com Deus  , e depois não mais era, porque Deus o levou", Enoque é a mais crucial figura individual na longa história dos anjos, embora começasse a existência como homem  . Depois que Deus o levou, Enoque tornou-se um anjo extraordinário, talvez mais um Deus que um anjo, porque era frequentemente chamado de "Javé menor". Esse anjo-deus, Metatron  , estabelece o padrão das ascensões ao céu de Jacó (primeiro como Uriel, depois como Israel  ) e Elias   que se tornou o anjo Sandalfon. São Francisco, segundo alguns de seus seguidores, desfrutou de uma transformação semelhante. Talvez se possa considerar a Beatriz de Dante   um quinto membro desse admirável grupo, não fosse pelo fato de que, para o poeta, ela evidentemente já era um anjo quando menina, e não precisava de nenhuma apoteose. Enoque-Metatron, como sugiro mais adiante neste livro, pode ser encarado como o verdadeiro anjo da América, o que foi inicialmente a intuição   do profeta  , adivinho e revelador mórmon Joseph Smith, que se identificava com Enoque, e a essa altura bem pode ter-se juntado numa unidade   imaginativa ao seu grande precursor, se a especulação mórmon se mostrar verdadeira. (Excertos de Harold Bloom, PRESSÁGIOS DO MILÊNIO)