Página inicial > Glossário > retribuição

retribuição

terça-feira 15 de fevereiro de 2022

Algumas ações deste gênero são louvadas, quando, por exemplo, através delas se consegue evitar males maiores, embora envolvendo vergonha e dor. Outras, porém, são repreendidas, quando se dá o caso inverso, isto é, quando pela sua ação se obtêm males maiores. Esta última possibilidade é perversa, porque é próprio do perverso passar por vergonhas sem ter nenhum bem em vista, ou, quando tem algum em vista, trata-se de um bem pusilânime. Há, por outro lado, ações que não levam nenhum louvor mas recebem 25 antes perdão. É o que acontece, quando alguém, pela força das circunstâncias, faz o que não poderia fazer, ultrapassando, assim, todas as marcas de humanidade, sem ser capaz de suportar as suas consequências. Mas há quem não seja nunca coagido — preferindo a morte, mesmo tendo de sofrer horrivelmente. Por exemplo, parecem ridículos os motivos que obrigam Alcmeón, na peça de Eurípides, a assassinar a sua mãe. Em todo o caso, é difícil em algumas 30 circunstâncias decidir que opção se deve tomar e qual a que se deve preterir, tal como difícil é decidir o que tem de se suportar e em vista do quê. Mas mais difícil ainda é mantermo-nos fiéis às decisões tomadas. Pois, na verdade, acontece o mais das vezes que o que se pode esperar é doloroso e o que se é obrigado a fazer é vergonhoso [1110b1]. É por isso que há repreensões e louvores para quem age, esteja esse alguém sob coação ou não. [Aristóteles, Ética a Nicômaco, Livro III, 1  , 1110a-b; CaeiroEN  :66]


LÉXICO: retribuição; eulogon