Página inicial > Glossário > crença

crença

terça-feira 15 de fevereiro de 2022

Sem dúvida, em nenhum outro setor a dúvida cartesiana demonstrou mais desastrosa e irremediavelmente a sua eficácia que no âmbito da crença religiosa, na qual foi introduzida por Pascal   e Kierkegaard  , os dois maiores pensadores religiosos da modernidade. (Pois o que minou a fé cristã não foi o ateísmo do século XVIII nem o materialismo do XIX – cujos argumentos são frequentemente vulgares e, na maior parte das vezes, facilmente refutáveis pela teologia tradicional –, mas antes o duvidoso interesse pela salvação em homens genuinamente religiosos, a cujos olhos o conteúdo e a promessa tradicionais do cristianismo se haviam tornado “absurdos”). [ArendtCH  :C44]


Indaguemos, agora, acerca do grau de certeza que a sensação oferece, conforme Plotino  . Primeiramente, nada mais do que a doxa, a opinião, da qual ninguém deve fiar-se demais. À doxa segue-se a pistis, a qual já representa um degrau superior mais seguro, no conhecimento, devido à intervenção da razão. O que é a pistis? É uma consequência da opinião; mais claramente: é uma persuasão, que ainda não se equipara a certeza total. Por outra, a pistis, sinonimizando com persuasão, não representa a firmeza da evidência (enargeia). A pistis não dispensa a demonstração (apodeixis), pois esta é alcançada com a ajuda da razão (paidagogountos logou pistin perichomenou) (En. V, 9  , 4,31-32 ). Assim, há um matiz nos diversos graus de conhecimento ministrados pelos sentidos: a doxa e a pistis, cuja tradução para "convicção" seria demasiado forte e para "crença" demasiado fraca. Verter para "certeza" seria exagero, porque a pistis não chega à evidência.

Bem diverso é o conhecimento do Uno (= primeira hipóstase = pensamento de pensamento) e do Noûs (Inteligência = segunda hipóstase). A persuasão (pistis) não tem lugar na contemplação extática do Uno, porque "não há mais dualidade, mas (a alma) tornada outra que antes era (...), pertence a ele (Uno) e é uma com ele, tendo feito coincidir, pelo assim dizer, centro com centro" (En. VI, 9  , 10, 15-18 ). [Ullmann  ]


LÉXICO: crença

LÉXICO: credo