Página inicial > Glossário > loucura

loucura

domingo 17 de outubro de 2021

Da mesma forma que o fundamento para a unidade das excelências (άρεταί) é saber (ἐπιστήμη), na medida em que se trata da forma que nos permite ter em vista a possibilidade aparentemente perdida de continuar numa outra fase de vida que não tinha ainda sido encetada, assim também a perversão impossibilitante (κακία) e toda a situação precária (κακή πρᾶξις) tem de ser experimentada como «loucura», como «fechamento na ignorância» 29, enquanto fundamento ontológico para a constituição da perversão impossibilitante (κακία) e da situação precária (κακή πρᾶξις). É esta impossibilidade trazida à expressão pela falta de visão, pelo não conseguir pôr os olhos em qualquer saída, o que constitui o verdadeiro impedimento à realização da lucidez humana (ψυχή), que lhe destrói as possibilidades de se tornar no que ela pode ser, que a deixa de todo em todo em impotência (άδυναμία). Tendo em vista estas duas estruturas elementarmente constituintes da perversão impossibilitante (κακία), a saber, a impotência (άδυναμία) e a privação do saber (στέρησις ἐπιστήμης) ou ignorância (ἀμαθία), temos de seguir as suas diversas formas de manifestação, para ganharmos dessa forma, a partir de uma concretização ôntica, a base fenomenal sobre a qual podemos verdadeiramente fazer a pergunta pela possibilidade da excelência (ἀρετή). [CaeiroArete:132]


LÉXICO: loucura