Página inicial > Oriente > Nisargadatta (SL:16-12-1979) – quem ou que é o que vê?

Nisargadatta (SL:16-12-1979) – quem ou que é o que vê?

sexta-feira 9 de setembro de 2022

    

nossa tradução

Quando conhecemos ‘somos’, há existência de tudo mais. Não podemos dizer exatamente quem é o Vidente, mas só Ele existe e Se vê em toda a existência. Não há ver na não dualidade  , mas só na dualidade. Na não dualidade, não somos conscientes de nós mesmos. A conscientidade   [consciousness] tem de ser para o conhecimento de nossa presença  , mas ela não pode permanecer permanentemente.

As impressões mentais no corpo podem se ir pela adoração, e o que resta é pura conscientidade. A identificação com o corpo limita a uma forma e se tem um sentimento   de ‘eu sou  ’. Vais entender o que tua natureza era antes do aparecimento da conscientidade. Então não haverá ‘eu sou’ para ti e estarás não afetado por coisas boas ou ruins. Explico este raro conhecimento-de-Si para ti sem nenhuma dificuldade  , embora tentes ouvi-lo como um indivíduo  . Enquanto falo contigo, não te considero como um ser humano  , mas falo para a Realidade, que é o meu próprio Si, em ti.

Original

When we know ‘we are’, there is existence of everything else. We cannot exactly say who is the Seer, but He alone exists and sees Himself in all existence. There is no seeing in non-duality  , but only in duality. In non-duality, we are not conscious of ourselves. Consciousness is a must for knowing our presence, but it cannot remain permanently.

The mental   impressions on the body can go by worship, and what remains is pure consciousness. Identification with the body limits one to a form and one has a feeling of ‘I amness’. You are going to understand what your nature was prior to the appearance of consciousness. Then there will be no ‘I amness’ for you and you will be unaffected by good or bad. I explain this rare Self-knowledge to you without any difficulty, although you try to hear it as an individual. While talking to you I don’t consider you as a human being, but I talk to the Reality, which is my own Self, in you.


Ver online : Nisargadatta Maharaj