Página inicial > Oriente > Renz (F) – contentamento (joy)

Renz (F) – contentamento (joy)

quinta-feira 8 de setembro de 2022

    

K: Eis o contentamento de que não podes mudar   a ti mesmo, pois não há um segundo [um outro] a mudar.

Q: Mas isto não é contentamento.

K: Digo que isto é a natureza do contentamento. Não para ti mas para Isso-que-se-é  . Queres controlar, pois para ti é dor  .

Q: Sim.

K: Isto é o que mereces minha querida. Vem junto. Todo momento que queres controlar a ti mesmo, conhecer a ti mesmo, sofres! Todo momento que queres estar em conforto, que queres possuir conforto, sofres não tê-lo. Mas, pelo contrário, é tão fácil ser conforto, mas nunca o possuirás relativamente. Só podes sê-lo! E não há qualquer ideia do que és ou não és, e não há nenhuma possibilidade de sofrer por causa   de um segundo, porque não há segundo [advaita  ]. Mas a qualquer momento que queiras ter conforto, és/estás em desconforto. Dane-se tudo! É de qualquer maneira como é.


Ver online : KARL RENZ