Página inicial > Medievo - Renascença > Rumi (Masnavi:I,405-410) – aquele que está desperto

Rumi (Masnavi:I,405-410) – aquele que está desperto

sábado 1º de outubro de 2022

      

tradução

405. Oh, no mundo há muitos Homens da Caverna   além de você, antes de você, neste momento:
A Caverna está com ele, o Amigo está conversando com ele; mas seus olhos e ouvidos estão selados, (então) de que adianta?
O Califa disse a Layla: “És tu aquela por quem Majnun foi distraído e desviado?
Tu não és superior a outros justos.” “Fique em silêncio”, ela respondeu, “já que você não é Majnun.”
Quem está acordado (para o mundo material) é o mais adormecido (para o mundo espiritual); sua vigília é pior   que seu sono.
 
410. Quando nossa alma   não está desperta para Deus  , a vigília é como fechar nossas portas (às influências divinas).
Durante todo o dia, dos bufês da fantasia e dos (pensamentos de) perda e ganho e do medo do declínio,
Não resta a ela (a alma) nem alegria   nem graça e glória   nem caminho   para viajar para o céu.
O adormecido (para as coisas espirituais) é aquele que tem esperança de toda fantasia vã e negocia com ela.
Diabolum per somnum videt tanquam virginem caelestem, deinde propter libidinem effundit cum diabolo aquam (seminis). [Mathnawi   I, 405-410]

Nicholson

405. Oh, in the world there is many a Man of the Cave beside you, before you, at this time:
The Cave is with him, the Friend is in converse with him; but your eyes and ears are sealed, (so) what does it avail?
The Caliph said to Layla: “Art thou she by whom Majnun was distracted and led astray?
Thou art not superior to other fair ones.” “Be silent, “she replied, “since thou art not Majnun.”
Whosoever is awake (to the material world) is the more asleep (to the spiritual world); his wakefulness is worse than his sleep.
 
410. When our soul is not awake to God, wakefulness is like closing our doors (to Divine influences).
All day long, from the buffets of phantasy and from (thoughts of) loss and gain and from fear of decline,
There remains to it (the soul) neither joy nor grace and glory nor way of journeying to Heaven.
The one asleep (to spiritual things) is he who hath hope of every vain fancy and holds parley with it.
Diabolum per somnum videt tanquam virginem caelestem, deinde propter libidinem effundit cum diabolo aquam (seminis). [Mathnawi I, 405-410]


Ver online : RUMI