Página inicial > Antiguidade > McEvilley Um-Muitos

McEvilley Um-Muitos

domingo 20 de março de 2022

    

O Problema do Um e do Múltiplo
Esta primeira questão filosófica expressa o mesmo impulso de ordenação que propulsionou a obsessão com astronomia   na Mesopotâmia e com geometria   no Egito   Antigo — o desejo de encontrar princípios unificadores atrás da diversidade aparente. É também uma tentativa de justificar as demandas por certeza   de conhecimento que as ciências matematicamente baseadas inspiravam. Se as coisas são diferentes e separadas, então o universo   em sua amplitude é desconhecido  , posto que só as coisas específicas podem ser «conhecidas», uma de cada vez. A preocupação com o Problema do Uno   e do Múltiplo expressava um desejo por conhecer o universo em um sentido mais amplo do que aquele, na busca de princípios que tornariam toda situação   conhecível com ou sem experiência direta dela. A diversidade superficial deveria ser domada e feita conhecível pela apreensão   da unidade subjacente.

A PESSOA   CÓSMICA NO ANTIGO EGITO
A mitologia da Idade de Bronze terminou quando o panteão de deuses e deusas separados, cada um com seus atributos, aventuras e cultos especiais, dissolveu no panteísmo — a deificação do universo como uma simples e imensa metadeidade ou «deus  -de-tudo» (pantheos). Assim esta tendência monística de pensamento  , ganhou momentum no final do Novo Reino na teologia de Amon-Re, no Egito Antigo. Os sacerdotes   desta escola, no grande templo   de Karnak, alcançavam uma concepção abstrata de monismo. Seu discurso sagrado foi além da narrativa, quando declararam Amon-Re como sendo «o solitário único um», «o único um», «aquele sem segundo», «o uno   um» — todas ideias que são essencialmente antinarrativa. Amon-Re foi elevado além do alcance do discurso, incluindo o alcance da narrativa e da imagética mitológicas, através de uma série de paradoxos — a primeira série de paradoxos cuidadosamente refinados e estudados com registro histórico.

  • A pessoa cósmica na Antiga Mesopotâmia
  • A pessoa cósmica na Antiga Índia
  • A pessoa cósmica na Grécia Antiga
  • Tales e o pensamento indiano
  • Anaximandro   e o monismo indiano
  • Anaxímenes   e o monismo indiano
  • O monismo heracliteano e o pensamento indiano
  • O monismo pitagórico e o pensamento indiano
  • O monismo de Xenófanes   e o pensamento indiano
  • O monismo de Parmênides   e o pensamento indiano
  • A deusa   filosófica
  • O erro   original
  • Considerações cronológicas