PhiloSophia

PHILO = Apreço + SOPHIA = Compreensão

Version imprimable de cet article Version imprimable

Accueil > Oriente > Lucille : "my" body

Lucille : "my" body

mercredi 28 mars 2018

Original

The connection I have with my body is different from the connection I have with other bodies. That is why I feel that this body is myself and others are not. For example, I cannot feel the sensations in someone else’s body.

I am? not denying that you appear to have a special connection with your body. Compare this with your car. When you are driving your car, you see it from the inside, whereas you see all others from the outside. So although you seem to have a special relationship with your car, it doesn’t imply that you are your car. It is the same in relation to your body. You are the consciousness in which your body­-mind? and all other body-minds appear. However, this doesn’t imply that you, as consciousness, are only this single body-mind organism or that you are a by-product of it. The belief that you are in your body is simply an interpretation of your actual experience. It is also an interpretation to think that you have a closer connection with some sensations than with others or to think that some sensations are on the inside and others are on the outside. All you need to do is to see it for what it is : an interpretation.

Português

A conexão que tenho com meu corpo é diferente da conexão que tenho com outros corpos. É por isso que sinto que esse corpo é eu mesmo e os outros não. Por exemplo, não consigo sentir as sensações no corpo de outra pessoa.

Não estou negando que você parece ter uma conexão especial com seu corpo. Compare isso com seu carro. Quando você está dirigindo seu carro, você o vê de dentro, enquanto você vê todos os outros de fora. Então, apesar de você parecer ter um relacionamento especial com seu carro, isso não significa que você é seu carro. É o mesmo em relação ao seu corpo. Você é a consciência? na qual sua corpo-mente e todas os outros corpos-mentes aparecem. No entanto, isso não implica que você, como consciência, seja apenas esse organismo corpo-mente único ou que você seja um subproduto dele. A crença de que você está em seu corpo é simplesmente uma interpretação da sua experiência real. É também uma interpretação pensar que você tem uma conexão mais próxima com algumas sensações do que com outras ou pensar que algumas sensações estão do lado de dentro e outras estão do lado de fora. Tudo o que você precisa fazer é ver o que é : uma interpretação.


Voir en ligne : FRANCIS LUCILLE