Página inicial > Antiguidade > Parábolas – Cizânia (Mt 13,24-30; Mt 13,36-43)

Parábolas – Cizânia (Mt 13,24-30; Mt 13,36-43)

terça-feira 16 de agosto de 2022

    

Tomas de Aquino  : Catena aurea


Mt 13,24-30 (Almeida)

24 Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus   é semelhante ao homem   que semeou boa semente   no seu campo  ; 25 mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo   dele, semeou joio no meio do trigo  , e retirou-se. 26 Quando, porém, a erva cresceu e começou a espigar, então apareceu também o joio. 27 Chegaram, pois, os servos do proprietário, e disseram-lhe: Senhor, não semeaste no teu campo boa semente? Donde, pois, vem o joio? 28 Respondeu-lhes: Algum inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo? 29 Ele, porém, disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis com ele também o trigo. 30 Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro.

Mt 13,36-43 (Almeida)

36 Então Jesus  , deixando as multidões, entrou em casa  . E chegaram-se a ele os seus discípulos, dizendo: Explica-nos a parábola do joio do campo. 37 E ele, respondendo, disse: O que semeia a boa semente é o Filho   do homem; 38 o campo é o mundo; a boa semente são os filhos do reino; o joio são os filhos do maligno; 39 o inimigo que o semeou é o Diabo  ; a ceifa é o fim do mundo, e os celeiros são os anjos  . 40 Pois assim como o joio é colhido e queimado no fogo  , assim será no fim do mundo. 41 Mandará o Filho do homem   os seus anjos, e eles ajuntarão do seu reino todos os que servem de tropeço, e os que praticam a iniquidade, 42 e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá choro   e ranger de dentes  . 43 Então os justos resplandecerão como o sol  , no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça.

Roberto Pla

A cizânia é alegoria   de todas as vestimentas ou «riquezas» que crescem aderidas à boa semente, e refere-se aos tipos de homens que durante sua vida resultam incapazes de pôr a semente neles semeada em situação   de dar fruto   Parábola do Semeador. [Evangelho de Tomé - Logion 9]


Quando no evangelho de Mateus   explica Jesus a significação da parábola da cizânia e o campo, diz que “o campo é o mundo e a boa semente são os filhos do Reino”. A verdade é que com bons ou maus resultados, pois estes dependem do grau de aceitação e expressão   levados a cabo por cada consciência  , a semente é sempre o Filho do homem, o qual é a um tempo e sempre a semente e o semeador, dado que o Filho do homem é, em definitivo, a única realidade possível de vida eterna, o único “espírito   que dá vida” (1Co 15,45).

É este “espírito”, com efeito, a única fonte de vida que dispõe tudo mais, pois é ele que vivifica tudo o que é cognoscível no mundo, que rediz, o mundo. Sob sua aparência natural, o todo   visível   que contemplamos não é outra coisa mais que a palha “vivificada” pelo sopro invisível do espírito de Deus  , quer dizer sem vida própria, por mui ilustre e convincente que dita palha apareça ante a imaginação   de certas mentes religiosas.

Daí que quando não se acerta a discriminar fielmente a semente se está sempre no perigo de confundir a “palha vivificada” — a que por sua natureza está predestinada para o queimador — com um verdadeiro filho do Reino. A palha forma parte do mundo, mas o Reino não é deste mundo; por isso a palha é visível, mas o fruto tem-se que descobri-lo sob a envoltura de palha, porque não é manifesto   senão oculto e sua distinção em nossa consciência só pode ser o resultado de uma percepção sutil  , de não fácil aquisição. [Evangelho de Tomé - Logion 27]


O pior   dessa planta   não vinda do Pai não é somente que não deixa ver a realidade, senão que interfere na investigação acerca da luz, dado que o efeito de sua presença   é a o de fazer possível pensar   erroneamente que a única fecundidade das terras consiste em que que cresça a cizânia. Por esse motivo diz Jesus que seu juízo   neste mundo é duplo: «que os que não veem, vejam», o que exige a purificação «passiva», a que vem com o Batismo   do fogo do Espírito que «em nós está», e que este juízo deve ir precedido de outro segundo o qual «os que veem se tornam cegos», pois esta é a primeira purificação, a do batismo pela água, quer dizer, a dissolução ativa de todos os condicionamentos, mediante a constante conversão — metanoia   — destes, ao ser eles o que impedem que a luz   resplandeça sobre a alma  . [Evangelho de Tomé - Logion 34]

Mt 13,24-30 (inglês+grego)

mt.13.24 αλλην [ANOTHER] παραβολην [PARABLE] παρεθηκεν [PUT HE BEFORE] αυτοις [THEM,] λεγων [SAYING,] ωμοιωθη [HAS BECOME LIKE] η [THE] βασιλεια [KINGDOM] των [OF THE] ουρανων [HEAVENS] ανθρωπω [TO A MAN] σπειροντι [SOWING] καλον [GOOD] σπερμα [SEED] εν τω [IN] αγρω αυτου [HIS FIELD;]

mt.13.25 εν δε τω [BUT] καθευδειν [WHILE SLEPT] τους [THE] ανθρωπους [MEN] ηλθεν [CAME] αυτου ο [HIS] εχθρος [ENEMY] και [AND] εσπειρεν [SOWED] ζιζανια [DARNEL] ανα [IN «THE»] μεσον [MIDST] του [OF THE] σιτου [WHEAT,] και [AND] απηλθεν [WENT AWAY.]

mt.13.26 οτε δε [AND WHEN] εβλαστησεν [SPROUTED] ο [THE] χορτος [BLADE,] και [AND] καρπον [FRUIT] εποιησεν [PRODUCED,] τοτε [THEN] εφανη [APPEARED] και [ALSO] τα [THE] ζιζανια [DARNEL.]

mt.13.27 προσελθοντες [HAVING COME TO «HIM»] δε [AND] οι [THE] δουλοι [BONDMEN] του [OF THE] οικοδεσποτου [MASTER OF THE HOUSE] ειπον [SAID] αυτω [TO HIM,] κυριε [SIR,] ουχι [NOT] καλον [GOOD] σπερμα [SEED] εσπειρας [DIDST THOU SOW] εν τω [IN] σω [THY] αγρω [FIELD?] ποθεν [WHENCE] ουν [THEN] εχει [HAS IT] τα [THE] ζιζανια [DARNEL?]

mt.13.28 ο δε [AND HE] εφη [SAID] αυτοις [TO THEM,] εχθρος [AN ENEMY] ανθρωπος [A MAN] τουτο [THIS] εποιησεν [DID.] οι δε [AND THE] δουλοι [BONDMEN] ειπον [SAID] αυτω [TO THEM,] θελεις [WILT THOU] ουν [THEN «THAT»] απελθοντες [HAVING GONE FORTH] συλλεξωμεν [WE SHOULD GATHER] αυτα [THEM?]

mt.13.29 ο δε [BUT HE] εφη [SAID,] ου [NO;] μηποτε [LEST] συλλεγοντες [GATHERING] τα [THE] ζιζανια [DARNEL,] εκριζωσητε [YE SHOULD UPROOT] αμα [WITH] αυτοις [THEM] τον [THE] σιτον [WHEAT.]

mt.13.30 αφετε [SUFFER] συναυξανεσθαι [TO GROW TOGETHER] αμφοτερα [BOTH] μεχρι [UNTIL] του [THE] θερισμου [HARVEST;] και [AND] εν [IN] τω [THE] καιρω [TIME] του [OF THE] θερισμου [HARVEST] ερω [I WILL SAY] τοις [TO THE] θερισταις [HARVEST MEN,] συλλεξατε [GATHER] πρωτον [FIRST] τα [THE] ζιζανια [DARNEL,] και [AND] δησατε [BIND] αυτα [THEM] εις [INTO] δεσμας προς το [BUNDLES] κατακαυσαι [TO BURN] αυτα [THEM;] τον δε [BUT THE] σιτον [WHEAT] συναγαγετε [BRING TOGETHER] εις την [INTO] αποθηκην μου [MY GRANARY.]

Mt 13,36-43 (inglês+grego)

mt.13.36 τοτε [THEN] αφεις [HAVING DISMISSED] τους [THE] οχλους [CROWDS,] ηλθεν [WENT] εις [INTO] την [THE] οικιαν ο [HOUSE] ιησους [JESUS;] και [AND] προσηλθον [CAME] αυτω οι [TO HIM] μαθηται αυτου [HIS DISCIPLES,] λεγοντες [SAYING,] φρασον [EXPOUND] ημιν [TO US] την [THE] παραβολην [PARABLE] των [OF THE] ζιζανιων [DARNEL] του [OF THE] αγρου [FIELD.]

mt.13.37 ο δε [AND HE] αποκριθεις [ANSWERING] ειπεν [SAID] αυτοις [TO THEM,] ο [HE WHO] σπειρων [SOWS] το [THE] καλον [GOOD] σπερμα [SEED] εστιν [IS] ο [THE] υιος του [SON] ανθρωπου [OF MAN;]

mt.13.38 ο δε [AND THE] αγρος [FIELD] εστιν [IS] ο [THE] κοσμος [WORLD;] το δε [AND THE] καλον [GOOD] σπερμα [SEED,] ουτοι [THESE] εισιν [ARE] οι [THE] υιοι [SONS] της [OF THE] βασιλειας [KINGDOM;] τα δε [BUT THE] ζιζανια [DARNEL] εισιν [ARE] οι [THE] υιοι [SONS] του [OF THE] πονηρου [EVIL «ONE»;]

mt.13.39 ο δε [AND THE] εχθρος [ENEMY] ο [WHO] σπειρας [SOWED] αυτα [THEM] εστιν [IS] ο [THE] διαβολος [DEVIL;] ο δε [AND THE] θερισμος [HARVEST «THE»] συντελεια [COMPLETION] του [OF THE] αιωνος [AGE] εστιν [IS,] οι δε [AND THE] θερισται [HARVEST MEN] αγγελοι [ANGELS] εισιν [ARE.]

mt.13.40 ωσπερ [AS] ουν [THEREFORE] συλλεγεται [IS GATHERED] τα [THE] ζιζανια [DARNEL,] και [AND] πυρι [IN FIRE] κατακαιεται [IS CONSUMED,] ουτως [THUS] εσται [IT SHALL BE] εν [IN] τη [THE] συντελεια του [COMPLETION] αιωνος τουτου [OF THIS AGE.]

mt.13.41 αποστελει [SHALL SEND FORTH] ο [THE] υιος του [SON] ανθρωπου τους [OF MAN] αγγελους αυτου [HIS ANGELS,] και [AND] συλλεξουσιν [THEY SHALL GATHER] εκ της [OUT OF] βασιλειας αυτου [HIS KINGDOM] παντα [ALL] τα [THE] σκανδαλα [OFFENCES] και [AND] τους [THOSE WHO] ποιουντας την [PRACTICE] ανομιαν [LAWLESSNESS,]

mt.13.42 και [AND] βαλουσιν [THEY SHALL CAST] αυτους [THEM] εις [INTO] την [THE] καμινον [FURNACE] του [OF THE] πυρος [FIRE :] εκει [THERE] εσται [SHALL BE] ο [THE] κλαυθμος [WEEPING] και [AND] ο [THE] βρυγμος [GNASHING] των [OF THE] οδοντων [TEETH.]

mt.13.43 τοτε [THEN] οι [THE] δικαιοι [RIGHTEOUS] εκλαμψουσιν [SHALL SHINE FORTH] ως [AS] ο [THE] ηλιος [SUN] εν [IN] τη [THE] βασιλεια του [KINGDOM] πατρος αυτων [OF THEIR FATHER.] ο [HE THAT] εχων [HAS] ωτα [EARS] ακουειν [TO HEAR] ακουετω [LET HIM HEAR.]


Ver online : Evangelhos