Página inicial > Medievo - Renascença > Erígena (HPJ): Todas as coisas

Erígena (HPJ): Todas as coisas

domingo 31 de julho de 2022

    

Todas as coisas, portanto, que foram feitas pelo Verbo  , nele vivem imutavelmente e são vida. Nele todas as coisas não existem nem por intervalos temporais ou lugares, nem como aquilo que é por vir; mas tudo nele é uno  , acima de todos os tempos e lugares e nele subsiste eternamente.

Visível  , invisível, corpóreo, incorpóreo  , racional, irracional — céu e terra  , abismo  , e o que quer lá esteja — nele todos vivem e são vida e subsistem eternamente. Mesmo o que nos parece ser, sem todo movimento   vital, vive no Verbo.

E se se quer conhecer como, ou porque razão  , todas as coisas que são feitas através   do Verbo assim subsistem vitalmente, causalmente, e nele na mesma maneira, considere exemplos escolhidos da natureza criada. Aprenda a conhecer o fazedor destas coisas que são feitas nele e por ele. "Pois as coisas invisíveis dele", como diz o Apóstolo, "São claramente compreendidas pela inteligência, sendo compreendidas a partir das coisas que são feitas.

Veja como as causas de todas as coisas que este esférico, sensível mundo contém subsistem simultânea e similarmente neste sol   único que é chamado a grande luminária do mundo. Assim as formas de todos os corpos procedem; assim a beleza e a diversidade de cores; e o que quer mais que possa ser conhecido da natureza sensível.

Considere o infinito  , poder múltiplo da semente   — quantas plantas, frutos e animais estão contidos em cada espécie de semente; e como lá manifestam-se de cada uma, uma bela, inumerável multiplicidade de formas. Contemple com seu olhar interior   como em um mestre as muitas leis de uma arte ou ciência são unas; como vivem no espírito   que delas dispõe. Contemple como um número   infinito de linhas pode subsistir em um simples ponto, e outros exemplos similares retirados da natureza.

Da contemplação   de tais coisas, elevadas acima de todas as coisas pelas asas da contemplação natural, iluminada e suportada pela graça   divina, serás capaz de penetrar pela agudeza de sua mente   os segredos do Verbo e, a medida que seja concedido ao ser humano   que busca sinais de seu Deus  , verás como todas as coisas feitas pelo Verbo vivem no Verbo e são vida: "Pois nele", como a Escritura Sagrada diz, "vivemos e movemos e temos nosso ser". Verdadeiramente, assim como diz o grande Dionísio o Areopagita, "o ser de todas as coisas é sua divindade   super-essencial.


Ver online : HOMILIA SOBRE O PRÓLOGO DE JOÃO