Página inicial > Medievo - Renascença > Calisto Patriarca Capítulos 1-10

Calisto Patriarca Capítulos 1-10

domingo 20 de março de 2022

    

1. Se queres aprender   a verdade  , imita o exemplo do tocador de cítara. Ele mantém sua cabeça inclinada para baixo, e dedicando seu ouvir   ao canto  , maneja a palheta. Ao mesmo tempo   que as cordas são tocadas umas após as outras com arte, a cítara ressoa sua melodia, e o tocador de cítara sob esta doçura de mel.

2. Ó trabalhador da vinha, Ó tu que amas o esforço, que o exemplo seja claro, e cria. Desde então sóbrio e vigilante (nepsis  ) como o tocador de cítara, encontrarás facilmente na profundeza do coração   aquilo que buscas. Pois a alma   (psyche) tomada pelo amor divino   não pode voltar atrás. "Minha alma, diz o divino Davi, está ligada a ti." (Sl. 62/63)

3. Penso que a cítara, bem-amado  , é o coração (kardia). As cordas, são os sentidos. A palheta é a reflexão   (dianoia) da inteligência (nous). Esta, pela razão (logistikon  ), anima continuamente a palheta, a qual é a lembrança de Deus   (mneme   Theou) de onde vem na alma um desfrute inefável e reflete-se na inteligência (nous) pura o flamejamento da luz divina (phos  ).