Página inicial > Arte e Simbolismo > Andar sobre águas

Andar sobre águas

domingo 20 de março de 2022

    

EVANGELHO DE JESUS  : Mt 14:22-33; Mc 6:45-52; Jo 6:16-21


Nesses atos de Jesus sobressaem alguns símbolos - elementos   simbólicos importantes: barco, monte, mar, onda - ondas, vento, fantasma, medo, Filho   de Deus  . Ao se distanciarem de Jesus, em um barco sobre o mar agitado pelas ondas, entenda-se: os discípulos reunidos em sua "arca" de tradição  , afastam-se de Jesus e encontram-se diante das dificuldades e agitações do mundo; ou, mais interiormente, as multiplicidade de eus - partes mais próximas de Jesus, se afoitam a atravessar em sua "arca" de tradição o mar agitado das paixões que assaltam à alma  . Implorando por socorro temem ver um fantasma (uma aparência do Senhor) ao ver Jesus caminhando sobre as águas enfurecidas (as paixões), em sua direção  . Uma das partes (Pedro) corajosamente se dispõe a ir ao encontro do Cristo em nós, mas pela falta de fé tem que ser socorrida ao sossobrar diante das ondas (as paixões).

Tal interpretação   se justifica pela necessidade   de reconhecer   nos atos de Jesus uma "história de sabedoria  ", como é comum no Oriente. No entanto, a tentativa feita corre o risco de banalizar a riqueza   e profundidade de sentido de tal história por uma simples tradução de símbolos em outras palavras. Espero que os leitores entendam esta tentativa na sua ingenuidade, como apenas uma pobre   iniciativa para a compreensão   deste ato de Jesus.
Duas indicações importantes sobre o medo, ambas porém evidenciando sua fonte   originária na identificação de si mesmo   e corpo, na percepção - percepção equivocada a partir do logismos   - pensamento   que sou   o corpo e no corpo estou:

  • percepção do que "anda sobre as águas" como um fantasma, uma aparência; sentindo-se à mercê das águas agitadas, sensação   do corpo na agitação da alma, o que se vê andando sobre estas águas é aparência, não se tem fé no que mestre de si - domina as águas a ponto de andar sobre elas, por mais agitadas, como inatingido pelas mesmas.
  • ao ir ao encontro de Jesus, sobre as águas, a psique - psique agitada, Pedro não tem a fé necessária, cede à crença que é a carne   (uma combinação de corpo e psique), daí o medo. Pedro não se abre integralmente e reverbera a Identidade Suprema em face. Pedro é mim mesmo - ele mesmo; não reflete sua identidade com O QUE É (Tu és isto - TU ÉS ISTO), mas o O QUE É lhe salvação   - salva.
    CRISTOLOGIA Mestre Eckhart  : Eckhart Sermon 23 - SERMÃO XXIII

Bruno Barnhart: Barnhart Evangelho João - LENDO JOÃO DESDE O CENTRO  


GURDJIEFF   Maurice Nicoll: Nicoll Andar sobre as águas - ANDAR SOBRE AS ÁGUAS