Página inicial > Medievo - Renascença > Isaias Guarda Nous 11-20

Isaias Guarda Nous 11-20

domingo 20 de março de 2022

      

11. O diabolos   - demônio se contém por um certo tempo, por esperteza, para em qualquer relaxamento do kardia   - coração, se achando em repouso, se lançar sobre a pobre   alma   e capturá-la.

12. Lembrem-se das palavras de Jesus  : (Mt   24:42-43) Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. (43) Mas considerai isto: se o pai   de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa  ; (Mc   13:35-37) Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã, (36) Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. (37) E as coisas que vos digo, digo-as a todos: Vigiai; (Lc   21:34) E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de gastrimargia   - glutonaria, de embriaguez  , e dos apegos - cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia.

13. Se o homem   não odeia toda a atividade   deste mundo, não pode servir a Deus  . Qual é então o serviço de Deus senão nada   ter de estranho na nous - inteligência quando em euche   - oração, nenhum hedone   - prazer sensível   quando se louva, nem malícia   quando se canta, nem ódio quando se adora, nem pleonexia - má cobiça que nos entrave quando nos entretemos com ele e quando dele nos lembramos (mneme   Theou). Pois todas estas trevas são uma muralha que cerca a alma infeliz e ela não pode servir a Deus com katharotes - pureza   quando ela as tem nela. Elas a retém, com efeito, no ar e não a deixam ir ao encontro de Deus, o louvar em segredo, orar para ele na suavidade do kardia - coração a fim de ser iluminada por ele. Eis porque a nous - inteligência está sempre obscurecida e não pode progredir segundo Deus, porque ela não toma cuidado   de cortar isto com ciência.

14. Quando o intelecto   salva os sentidos da alma dos desejos da carne   e os imbui de "apatheia   - apatia", as paixões vergonhosamente atacam a alma, tentando fazer apego - apegar seus sentidos no pecado; mas se o intelecto então continuamente apela a Deus em segredo, ele, vendo tudo isto, enviará Sua ajuda   e destruirá todas as paixões ao mesmo tempo.

15. Não deixar seu guarda do coração - coração desguardado, enquanto estiver no corpo. Até seu último suspiro não se sabe que paixão pode atacar, portanto não deixe nunca o coração desguardado.

16. Aquele que não recebe ajuda na guerra   não deveria sentir-se confiante quando em paz  .

17. Quando um homem se separa do mal, ganha uma compreensão exata de todos os pecados cometidos contra Deus; pois não pode ver seus pecados a não ser   que deles se afaste com um sentimento de repulsa. Estes que alcançaram este nível oração - oram a Deus com lágrimas, e estão cheios de vergonha   ao relembrar seu amor das paixões.

18. Uma vez iniciada a busca de Deus com verdadeira devoção e com todo coração, não se pode imaginar que já se conforma a Sua vontade. Enquanto sua consciência o reprova por qualquer coisa que fizestes contrário à natureza, não estais livre: a reprovação significa que ainda estais sob provação e ainda não pagastes.

19. Quando o intelecto cresce forte  , ele permite o amor que sufoca todas as paixões corporais e que impede qualquer coisa contrária à natureza ganhar controle do coração.

20. Examine-se diariamente à vista de Deus e descubra qual paixão está em teu coração.

SEGUE: Isaias Guarda Nous 21-27 - §§ 21-27


Ver online : Philokalia