Página inicial > Antiguidade > 2.3 Estruturação dos assuntos

2.3 Estruturação dos assuntos

sexta-feira 25 de março de 2022

    

Excertos de «O Timeu   de Platão: mito   e texto», por Rodolfo Pais   Nunes Lopes

De um modo geral, o Timeu divide-se em duas grandes secções, cuja delimitação se pode determinar de um modo relativamente estanque: primeiro, a conversa inicial entre os participantes no diálogo   que ocupa apenas 1/7 de todo o texto; depois, o discurso de Timeu que ocupará o resto da obra, sem que haja quaisquer interrupções por parte das outras personagens, excepto uma breve intervenção de Sócrates que ocupa apenas três frases. Contudo, para além desta divisão   simples em duas secções independentes, é possível sintetizar a estrutura   do diálogo por meio de um esquema que mais facilmente ilustre as várias partes quer da conversa introdutória, quer do discurso de Timeu, o que, neste último caso, se revela uma ferramenta muitíssimo importante para conceber visualmente a estrutura de uma narrativa tão densa e, ao mesmo tempo, extensa. Vejamos, então, esse esquema.

I. DIÁLOGO INTRODUTÓRIO

1. Contexto dramático – 17a-17b

2. Resumo da conversa do dia anterior   – 17b-20c

3. Discurso de Crítias – 20c-26e

4. Programa dos discursos a abordar no Timeu e no Crítias – 26e-27c

II. DISCURSO DE TIMEU – 27c-92c

A. Prelúdio

1. Invocação   dos deuses – 27c-27d
2. Distinção ontológica entre ser e devir – 27d-28b
2.1 Implicações epistemológicas – 28c-29d
3. Pressupostos iniciais – 29d-31b
3.1 O Demiurgo   – 29d-30c
3.2 O Ser  -Vivo – 30c-d
3.3 O Universo   é um ser-vivo – 30d-31a
3.4 O Universo é único – 31a-31b

B. Obras do Intelecto  

1. Constituição do Universo – 31b-40d
1.1 O corpo do mundo – 31b-34a
1.2 A alma   do mundo – 34a-40d

2. Constituição do homem   – 40d-47e
2.1 A alma do homem – 40d-44c
2.2 O corpo do homem – 44c-47e

C. O âmbito da Necessidade  

1. A causa   errante – 47e-48b

2. Novo começo da narrativa; nova invocação dos deuses – 48b-48e

3. Terceiro princípio ontológico: a chora   – 48e-51e

4. Recapitulação dos três princípios ontológicos – 51e-52c

5. Os elementos   – 52d-61c
5.1 Estado   pré-cósmico   – 52d-53c
5.2 Formação dos sólidos a partir dos triângulos elementares – 53c-56c
5.3 Transmutação e variedades dos compostos – 56c-57d
5.4 Movimentos dos elementos – 57d-61c

6. As sensações e as impressões – 61c-69a
6.1 O tato   – 61c-64a
6.2 O prazer e a dor   – 64a-65b
6.3 Os sabores – 65b-66c
6.4 Os odores – 66c-67a
6.5 Os sons – 67a-67c
6.6 As cores – 67c-68d

D. Cooperação entre Intelecto e Necessidade – 68e-81e

1. Recapitulação da ação do Demiurgo – 68e-69c

2. Introdução das divindades menores – 69c-69d

3. Constituição da parte mortal   da alma humana – 69d-73b

4. Constituição das restantes partes do corpo humano – 73b-76e

5. Criação dos seres vegetais – 76e-77c

6. Constituição dos aparelhos funcionais do corpo humano – 77c-81e

7. Doenças do corpo humano – 81e-86a

8. Doenças da alma do homem – 86b-92c

Conclusão – 92c