Página inicial > Antiguidade > pyr

pyr

quinta-feira 24 de março de 2022

    

pyr: fogo  

Embora o fogo esteja presente   tanto nos sistemas de Anaximandro   (Diels, frg. 12A10) como de Anaxímenes   (13A7), ele é para ambos um produto, enquanto para Heráclito   o universo   (kosmos  ) é um fogo (Diels 22B30), não como uma arche   mas antes como «matéria arquetípica», provavelmente em virtude   da sua ligação com a psyche   e com a vida (frg. 36) e, daí, com o aither  . Entre os pitagóricos o Fogo tinha a posição   central no universo (com a terra   como planeta  !), Aristóteles  , De coelo II, 293b. Recebeu de Empédocles   o seu lugar como um dos quatro elementos   (ver stoicheion). O fogo desempenha um papel fundamental na física estóica como o elemento com a dynamis   mais ativa, o quente   (ver dynamis). De importância primordial aqui é a conexão entre o fogo e a vida (SVF II, 23) e, por intermédio da psyche, com o pneuma  , o princípio medicamente derivado do calor vital que os estóicos compreenderam como uma combinação do fogo e do ar (SVF II, 737) e como uma força toda-universal   no kosmos (ibid. II, 473); ver ekpyrosis, logos  . [Termos Filosóficos Gregos, F. E. Peters  ]


Um dos quatro elementos. A simbólica do fogo é complexa: valor   erótico; conteúdo; lar familiar, intimidade; amor; purificação; elevação; força masculina e guerreira. [Notions Philosophiques  ]