Página inicial > Antiguidade > choriston

choriston

quinta-feira 24 de março de 2022

      

chôristón: separado, daí 1) substância separada 2) separado conceitualmente (ver aphairesis  ); gr. chôrismós: separação; termo que designa a separação de um suco; a partida e sobretudo a separação. Anuncia o gesto de Platão   que "destaca a alma   e a separa do corpo" (Fedro   67d), e que dissocia o inteligível do sensível  . Aristóteles   critica associando certas partes da alma ao corpo e não admite considerar as ideias como separadas. Mas reconhece o caráter separado da Inteligência (noûs) e da essência (ousía), sustentando que as categorias   não são separadas do sensível.


A separação é uma característica da substância (ousia  ) que, ao contrário das outras kategoriai, é capaz de existência separada; todas as outras modificações do ser existem em algo (Metafísica 1028a-b, 1029a28, 1039a32). Uma das acusações mais frequentes que Aristóteles fez a Platão é o fato de ter dado aos eide, que Aristóteles compreende no sentido de um universal   (katholou), uma existência substancial separada, i. e., Platão hipostasiou-os (ver Metafisica 1086a, 1087a).

Sobre a separabilidade do intelecto   agente  , ver nous, ousia. [Termos Filosóficos Gregos, F. E. Peters  ]


A separação, enquanto choriston  , é uma característica da substância (ousia) que, ao contrário das outras kategoriai, é capaz de existência separada, segundo Aristóteles. A separação, enquanto aphairesis (supressão, desprendimento  ) é a renúncia às imagens e aos conceitos conforme defendida por Plotino  , para "fugir   só ao só" até alcançar à "vida dos homens divinos" (Tratado VIII, Enéadas VI, 9,11).