Página inicial > Antiguidade > Alma-Corpo

Alma-Corpo

quinta-feira 24 de março de 2022

Segundo Brisson   & Pradeau   (2002 p.137), Aristóteles   constata em De Anima I,1  , 403a15, que a alma é inseparável do corpo. Adiciona, e é o argumento que Plotino   fará valer como objeção, que a alma não pode ser "separada" do corpo senão na condição que se lhe reconheça operações ou afecções próprias. Plotino   vais justamente demonstrar que todas as operações da alma lhe são específicas.