Página inicial > Antiguidade > teleios

teleios

quinta-feira 24 de março de 2022

A perfeição é definida por Aristóteles na Metafísica: "Completo, perfeito se diz então do que fora do que não é possível apreender nenhuma parte da coisa, nem mesmo uma única (...) Perfeito se diz em seguida do que sob a relação da qualidade própria e do bem não é superado em seu gênero" (Metafísica). Nos encontramos aqui diante de uma definição genérica da perfeição e Aristóteles o considera sob o ponto de vista da quantidade e da qualidade. Assim será dita perfeita e acabada a realidade à qual quantitativamente nada falta. É dita também perfeita em um segundo sentido a ação que sob a relação da qualidade não é superada. Pensa-se certamente na virtude (arete) que é por definição a ação excelente, mas também à atividade do escultor quando, no tocante a sua arte, nada falta a sua obra para ser considerada como bela e acabada. [Notions philosophiques  ]