Página inicial > Oriente > Wei Wu Wei (TM:2.II) – O que é Mente? (II - Em Dezenove Plenas (...)

Wei Wu Wei (TM:2.II) – O que é Mente? (II - Em Dezenove Plenas Palavras)

sábado 27 de agosto de 2022

    

tradução

Tudo cognoscido é justo o que é chamado «mente  ».
E o que é chamado «mente  » é só a cognição de tudo.
Quem a fez? Nenhuma caixa de surpresas em qualquer parte!
De modo que o que resta a escrever   sobre?

Nota: (1) Duas pequenas afirmações muito simples, até mesmo óbvias? Mas não nos deixemos enganar por sua simplicidade. Talvez se se olhasse bem profundamente dentro delas a aurora   pudesse ela mesmo romper?

Nota (2): Huang Po   a este respeito, delicado   como de costume  :

«Logo é dito "perceber um fenômeno É perceber a Natureza Universal  , posto que fenômenos e Mente são um e o mesmo.» (p. 118)
«Aqueles que em sua mente-simples tentam alcançar a Budeidade, detestam o mundo senciente  , por conseguinte blasfemam todos os Budas do Universo  .» (p. 130)
«Meu conselho a você é livrem-se vocês mesmos de todas ideias prévias sobre estudar a Mente ou percebê-la.» (p 130)
«Por nenhuma razão façam uma distinção entre o Absoluto   e o mundo senciente» (p. 130)

Original

Everything cognised is just what is called ‘mind’,
And what is called ‘mind’ is just the cognising of everything.
Who done it? No Jack-in-the-box anywhere!
So what is there left to write about?

Note: (i) Two very simple little statements, even rather obvious? But don’t let us be deceived by their simplicity. Perhaps if one were to look into them deeply enough the dawn itself might break?

Note: (2) Huang Po on this subject, cassant as usual:

‘Therefore it is said ‘Perceiving a phenomenon is perceiving Universal Nature, since phenomena and Mind are one and the same.’ (p. 118)
‘Those who in their single-minded attempt to reach Buddhahood, detest the sentient world, thereby blaspheme all the Buddhas of the Universe.’ (p. 130)
‘My advice to you is to rid yourselves of all your previous ideas about studying Mind or perceiving it.’ (p. 130)
‘On no account make a distinction between the Absolute and the sentient world.’ (p. 130)

O que é Mente? (I)


Ver online : Wei Wu Wei – Tenth Man