Página inicial > Arte e Simbolismo > Alfa e Omega

Alfa e Omega

domingo 20 de março de 2022

      

Simbolismo
David   Fideler: Excertos de “Jesus Christ  , Sun of God   Publisher: Quest Books”

O simbolismo de Alfa e Omega, o Primeiro e o último, é certamente pré-cristão. As letras Α e Ω simbolizam o princípio (arche  ) e o fim (telos  ) da criação, a semente   e sua manifestação  . Como um símbolo da Primeira Causa  , a palavra   ALPHA (valor   532) é numericamente equivalente a ATLAS, a figura na mitologia grega que “sustenta o cosmo inteiro”. Nos tempos helênicos, Alfa e Ômega, eram símbolos de aion   - Eão, Eternidade personificada como um ser mitológico. Apropriadamente, Alfa e Ômega aparecem também em uma joia mostrando Harpócrates, o recém-nascido sol  , outro símbolo de aion - Eão, o ponto intemporal entre opostos  .

Na escrito gnóstico Pistis   Sophia  , Jesus instrui seus discípulos longamente a respeito da natureza dos Mistérios Primeiro e Último. Afirma que o Primeiro Mistério é o Último Mistério “de dentro para fora”, ou seja, Alfa está contido dentro de Ômega, e os dois   estão intimamente conectados: “o Primeiro Mistério é o vigésimo quarto mistério do interior   para o exterior”, o Último Mistério, é a vigésima quarta letra   do alfabeto grego. Afirma Jesus também, na Pistis Sophia: “Aquele que recebeu o completo   mistério do Primeiro Mistério do Inefável ... deverá ter o poder de explorar todas as ordens da Herança da Luz”. Neste contexto, a “Herança da Luz” é uma referência ao cânone órfico pré-cristão do número  , que subjaz as estórias de vários milagre   - eventos milagrosos no NT cristão.

Antes da emergência da “Nova Música  ” da Cristandade, parece que Apolo em Delfos   estava associado com o primeiro e o último mistério. Ele era o deus da geometria   e da música, uma personificação do Logos  , e a primeira e a última corda de sua lira eram associadas com as vogais Α e Ω. De acordo   com o hino órfico “Hino a Apolo”, é dito “o princípio (arche) e o fim (telos) a vir”, e “com tua versátil lira harmonizas os polos”.