PhiloSophia

PHILO = Apreço + SOPHIA = Compreensão

Version imprimable de cet article Version imprimable

Accueil > Oriente > Nisargadatta : só percebes manchas...

I AM THAT

Nisargadatta : só percebes manchas...

31- NÃO SUBESTIME A ATENÇÃO

lundi 20 janvier 2020

Saliba & Marazzi

P : Mas como conhecer a mim mesmo? ? Para conhecer-me, tenho que estar? distante de mim mesmo. Mas o que está distante de mim mesmo não? pode ser? eu?. De modo? que parece que não posso conhecer-me, só o que tomo por mim mesmo.

M : Correto. Assim como não pode ver o seu rosto senão apenas como um? reflexo? no espelho, do mesmo modo só poderá conhecer sua imagem? refletida no espelho imaculado da pura Consciência?.

P : Como posso obter esse? espelho imaculado ?

M : Obviamente, retirando as manchas. Veja as manchas e remova-as. O ensinamento antigo é totalmente válido.

P : Que é visão? e o que é remoção ?

M : A natureza? do espelho perfeito? é tal que você não pode vê-lo. Qualquer coisa? que veja será necessariamente uma mancha. Afaste-se dela, abandone-a, veja-a como algo que não quer.

P : Tudo o que se percebe são manchas ?

M : Tudo são manchas.

P : O mundo? inteiro é uma mancha.

M : Sim, é.

P : Que horror ! De modo que o universo? não tem valor? ?

M : Tem um valor tremendo. Por ir além? do universo, você percebe seu próprio? ser.

P : Mas por que ele surgiu em primeira instância? ?

M : Você saberá quando terminar.

P : Isto irá acabar ?

M : Para você, sim.

P : Quando começou ?

M : Agora?.

P : Quando terminará ?

M : Agora.

P : Agora não termina ?

M : Você não deixa que termine.

P : Quero que termine.

M : Não, não quer. Toda sua vida? está conectada com o universo. O passado e o futuro?, seus desejos e seus temores, todos têm suas raízes no mundo. Sem o mundo onde você está, quem é você ?

P : Mas isso é exatamente o que acabo de descobrir.

M : E eu estou lhe dizendo exatamente isto : encontre um ponto? de apoio além e tudo será fácil e claro.

Original

Q : But how can I know myself ? To know myself I must be away from myself. But what is away from myself cannot be myself. So, it looks that I cannot know myself, only what I take to be myself.

M : Quite right. As you cannot see your face, but only its reflection in the mirror, so you can know only your image reflected in the stainless mirror of pure awareness.

Q : How am I to get such stainless mirror ?

M : Obviously, by removing stains. See the stains and remove them. The ancient teaching is fully valid.

Q : What is seeing and what is removing ?

M : The nature of the perfect mirror is such that you cannot see it. Whatever you can see is bound to be a stain. Turn away from it, give it up, know it as unwanted.

Q : All perceivables, are they stains ?

M : All are stains.

Q : The entire world is a stain.

M : Yes, it is.

Q : How awful ! So, the universe is of no value ?

M : It is of tremendous value. By going beyond it you realize yourself.

Q : But why did it come into being in the first instance ?

M : You will know it when it ends.

Q : Will it ever end ?

[127] M : Yes, for you.

Q : When did it begin ?

M : Now.

Q : When will it end ?

M : Now.

Q : It does not end now ?

M : You don’t let it.

Q : I want to let it.

M : You don’t. All your life is connected with it. Your past and future, your desires and fears, all have their roots in the world. Without the world where are you, who are you ?

Q : But that is exactly what I came to find out.

M : And I am? telling you exactly this : find a foothold beyond and all will be clear and easy.


Voir en ligne : I AM THAT