Página inicial > Arte e Simbolismo > Bulgakov Sabedoria de Deus

Bulgakov Sabedoria de Deus

segunda-feira 28 de março de 2022

Texto resumido do ensaio constante dos Faivre   Cadernos do Hermetismo - Cadernos do Hermetismo, organizado por Antoine Faivre  , número especial sobre Faivre   Sophia - Sophia.

A Sabedoria de Deus

  • Templo de Santa-Sophia em Constantinopla
    • Domo celeste que se inclina em direção da terra para abaraçá-la figurando
      • formas finitas
      • infinito
      • unidade múltipla do todo
      • eternidade imutável na imagem da criação
    • Milagre de harmonia
      • Leveza
      • Claridade
      • Simplicidade
      • Acordo admirável
    • Sensação de estar no mundo e o mundo estar em mim
    • Presença de Platão recebendo o batismo, na altura onde as alma se elevam para contemplar as ideias
    • A Sophia platônica alcança a Sophia divina
    • Manifestação última do gênio grego quanto à Sabedoria de Deus
    • Monumento elevado nos tempos teológicos pela vontade de um imperador teólogo, Justiniano
    • Coroação so período dos concílios ecumênicos
  • Que significa este Templo da Sabedoria de Deus?
    • Anúncio da Nova Roma à Igreja universal?
    • Alegoria esculpida? Como os templos:
      • da paz (Irineu)
      • da fé (pistis - Pistis, Vera)
      • da esperança (elpis - Elpis, Nadejada)
    • Igrejas do Cristo, sob o aspecto da Sophia?
    • Sofiologia hierática é um problema a resolver
  • Despercebido pela Roma antiga, civitas Dei.
    • Universalidade da Igreja nesta é vista:
      • como fortaleza espiritual, imperium romanum
      • como organização do poder eclesiástico, concentrado na pessoa do pontífice.
  • Oriente ortodoxo
    • Bizâncio projetou a fé do cristo nas terras hiperboreanas, no reino russo da "terceira Roma"
    • Cristianismo acompanhado desta revelação misteriosa e velada ainda da Sabedoria
    • Kiev, "a mãe das cidades russas", foi a primeira a se ornamentar de uma catedral Santa-Sophia (séc. XI)
  • Sentido teológico do símbolo de Sophia permanece um mistério
    • Véu começa a se levantar não pela teologia
    • Significação transparece na escolha da festa de sua dedicação
    • Na Rússia celebra-se a festa dos templos sofiânicos nos dias da Mãe de Deus (Natividade da Virgem em Keiv, Dormição em Novgorod...
    • Textos próprios aos ofícios da Sophia
    • Além do aspecto cristológico, que corresponde à imagem da Sophia divina, outro aspecto mariológico, que corresponde à Sophia da criatura, à glorificação do criado.
    • Símbolos que marcam a representação iconográfica da Sabedoria de Deus, esta teologia em forma e em cores
  • Ocidente até na Idade Média quanto na Reforma, ignorou o tema da Sophia
    • Exceto a doutrina da Jungfrau Sophia em Jacob Boehme  , o misterioso sapateiro de Görlitz (séc. XVII)
    • Influência desta obra de Boehme   sobre Schelling  , Hegel  , Baader   e os românticos alemãs
    • influência na Inglaterra, místico inglês do séc. XVIII, o médico Pordage, autor de uma série de tratado sobre a Sophia.
    • Todas estas obras a partir de Boehme   são estudadas pela maçonaria mística russa, ao final do séc. XVIII e durante o séc. XIX
  • Renovação dos estudos russos no século XIX
    • Boukharev (arquimandrita Teodoro)
    • O escritor Gogol busca fazer de sua obra um verdadeiro sacrifício a Deus
    • Obra de Dostoievski  
      • A "mãe, terra úmida"
      • "A livre teocracia"
    • Obra de Fedorov
    • No final do séc. XIX toma-se a forma de uma teologia particular cujo traço dominante é a sofiologia
      • Vladimir Soloviev   (1853-1900)
        • Conferências sobre a teantropia (1877-1881), fornece uma formação filosófica e teológica de uma doutrina da Sabedoria de Deus.
        • A Rússia e a Igreja Universal (1885)
        • Traços de sistemas gnósticos, assim como da sofiologia de Boehme  
        • Considerado por Bulgakov como seu guia filosófico para o Cristo, sem compartilhar suas tendências gnósticas.
      • Serge e Eugênio Troubetskoy
      • Nicolas Berdiaeff
      • Padre Florensky
        • A Coluna e o fundamento da Verdade
        • Um Ícone da Anunciação e seu Simbolismo Cósmico
        • O Enquadramento turquesa da Sophia e o simbolismo da cor
        • Interpretação teológica dos testemunhos iconográficos e litúrgicos da veneração da Sabedoria de Deus
      • O próprio Bulgakov
        • A filosofia da economia
        • A Luz sem declínio
  • A sofiologia é uma Weltanschauung
    • Visão cristã do mundo
    • Concepção teológica ou dogmática que caracteriza uma tendência da ortodoxia
    • Ponto de vista sofiológico define uma interpretação particular do conjunto de dogmas e das doutrinas
      • Concernentes à Santa Trindade
      • Concernentes à Encarnação
      • Concernentes às questões do cristianismo prático
    • Problema central, ponto de partida da sofiologia, é a relação entre Deus e o mundo ou Deus e o homem.
      • Questão do poder e do sentido da Teantropia, não do Deus-Homem ele mesmo, Verbo Encarnado, mas da dei-humanidade, união de Deus com a criação inteira por e no homem
  • Luta secular: dualismo e monismo
    • Solução no mono-dualismo — Teantropia
    • Maniqueismo negador do mundo, que separa Deus do mundo por um abismo intransponível, e assim abole a Teantropia
    • Secularismo que recebe o mundo com é e se inclina diante de seus valores
    • Ateísmo: cosmoteísmo e atropo-teísmo
      • Forma de paganismo
      • Não é o zero mas o "menos" do cristianismo
      • "Cristianismo social" em estado de trágica impotência
  • Há uma escada da terra ao céu, sobre a qual descem e sobem os anjos?
    • A ascensão do Senhor é o ato último, geral e conclusivo ou uma segunda vinda do Cristo no mundo, a Parusia, deve segui-lo, enquanto julgamento final e começo da nova e eterna presença do Cristo no mundo?
    • Resposta inclusa no dogma fundamental do cristianismo: a Teantropia.
    • Cosmismo e anticosmismo combatem no mundo como duas partes divididas e singularizadas do único teocosmismo teantrópico.
    • Secularismo é produto da Reforma e da Renascença
    • A recepção do mundo pelo humanismo é uma reação contra sua rejeição pelo cosmismo anticósmico
  • Teantropia, eis o tema essencial da sofiologia.
    • No centro dos dogmas cristão a serem compreendidos, encontra-se o dogma de base: "O Verbo foi carne"
    • Raízes deste dogma nas profundezas do céu e da terra, no seio da Santa Trindade e da natureza criada do homem
    • O dogma do "encarnacionismo" na base dos do anglicanismo, protestantismo, ortodoxia e catolicismo, é derivado, e depende de uma série de premissas necessárias da doutrina sobre Deus e o homem, sobre a Teantropia primordial.
    • Outro dogma da Teantropia: Pentecostes, enquanto descida no mundo e presença do espírito Santo, e sua ligação com a Encarnação.
    • Para qualquer ecumenismo é preciso conhecer a Igreja como Teantropia manifesta, como Sophia, Sabedoria de Deus.
    • A história se descobre como apocalipse; o apocalipse como escatologia; o fim, como realização; o advento do Cristo na Parusia, como seu acolhimento pela Igreja.
    • A concepção sofiânica do mundo guarda o futuro do cristianismo na vida, seu destino
    • A sofiologia é o ponto de convergência de todos os problemas dogmáticos e práticos da teologia e da ascética contemporâneas