Página inicial > Imaginal > soteria

soteria

segunda-feira 28 de março de 2022

    

VIDE: APOLYTROSIS  ; CUIDAR; Philokalia  -Therapeutes - TERAPIA   ESPIRITUAL

NT - mais de 100 entradas para sozer - salvar, curar
Bendito   o Senhor Deus   de Israel  , Porque visitou e remiu o seu povo, E nos levantou uma salvação   poderosa Na casa   de Davi seu servo  . Como falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio do mundo; Para nos livrar dos nossos inimigos e da mão   de todos os que nos odeiam; Para manifestar misericórdia   a nossos pais  , E lembrar-se da sua santa aliança, E do juramento que jurou a Abraão nosso pai  , De conceder-nos que, Libertados da mão de nossos inimigos, o serviríamos sem temor, Em santidade   e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida. E tu, ó menino, serás chamado profeta   do Altíssimo, Porque hás de ir ante a face   do Senhor, a preparar os seus caminhos; Para dar ao seu povo conhecimento da salvação, Na remissão dos seus pecados; (Lc   1:68-77)

Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus  . (Jo 4:22)


Cristologia [http://lesvoies.free.fr/spip/mot.php?id_mot=20">PADRES DA IGREJA   - em nosso site francês
Philokalia Philokalia-Therapeutes - Jean-Claude Larchet   O verbo salvar (sozo em grego), frequentemente utilizado no NT significa não apenas «libertar» ou «tirar de um perigo», mas também «curar», e a palavra «salvação» (em grego soteria) designa não apenas a libertação, mas também a cura. O próprio nome de Jesus   significa «YHWH   salva», ou seja «cura»; o Cristo se apresenta como um médico em várias passagens do NT: Mt 8:16-17; Mt 9:12; Mc 2:17; Lc 4:18-23.

A saúde primordial do homem   pode assim se assemelhar ao estado   de perfeição ao qual o homem se destina por sua própria natureza. Ora, a perfeição para o ser humano, é ser deificado, e por sua natureza própria tornar-se deus pela graça  . Deus com efeito criou o homem a imagem e semelhança   - Sua imagem e a Sua semelhança, e lhe deu desde a origem  , inscrevendo em seu próprio sendo - ser mesmo, a possibilidade de se theosis   - conformar inteiramente a Ele (“Eu afirmei: sois todos deuses”, [http://www.biblegateway.com/passage/?search=Sal+81&version=AA">Salmo   81).


Perenialistas Frithjof Schuon  : Schuon Esoterismo Principio Via - O ESOTERISMO   COMO PRINCÍPIO E COMO VIA Mas agora precisamos adotar um ponto de vista muito mais geral. Segundo alguns, nenhuma «ideologia» salvou o mundo. Sem nos preocuparmos com as intenções desse termo, respondemos que nenhum sistema espiritual, nenhuma religião teve algum dia essa finalidade, pois trata-se unicamente de fornecer aos homens o meio de salvação — não de salvá-los contra a sua vontade — e, também, de Lhes proporcionar o meio de criação de um ambiente favorável, ou o menos desfavorável possível, para a concretização desse fim. Só podemos salvar os que desejam ser salvos: primeiro, os que se dão conta de que estão prestes a perder-se; e, segundo, os que realmente desejam aceitar   o auxilio que lhes oferecemos. O homem, sendo livre, está condenado à liberdade; não foram as verdades e os métodos libertadores que «faliram», foram os homens que se tornaram «adultos», por assim dizer. As circunstâncias atenuantes — por um lado, as restrições dos exoterismos face a certas experiências e, por outro, as descobertas científicas, na ausência   de capacidade para interpretá-las e integrá-las —, afirmamos, não bastam para desculpar os homens por sua insensibilidade ante as evidências inatas e sempre palpáveis, assim como por se fecharem orgulhosa e puerilmente à Misericórdia. Contudo, a história de uma religião é sempre a história da luta   entre um dom divino e a recusa em aceitá-lo, o que explica em parte os exageros compensatórios dos santos. A salvação exotérica é a fixação do sujeito humano individual, ou da alma  , na aura incorruptível   do Objeto divino, se assim podemos nos expressar. A salvação esotérica é a reintegração do sujeito humano intelectual, ou do espírito  , na Subjetividade divina. Este segundo modo de salvação — a libertação (moksha  ) dos vedantinos — implica o primeiro modo, pois o homem como tal jamais pode tornar-se Deus. Certamente, a substância imutável   do homem, que coincide com o Supremo Si Mesmo  , libera-se deste acidente que é o ego; mas não o destrói, assim como a realidade de Deus não impede a existência do mundo. Apenas as qualidades valorizadas pela Verdade e pelo Caminho   contribuem para a salvação da alma; nenhuma virtude afastada desses fundamentos tem poder salvador, e isso prova a relatividade e a influência indireta das virtudes puramente naturais.
Filosofia Michel Henry  : Filho no Filho - FILHO NO FILHO

Mário Ferreira dos Santos  : Santos Soter - SALVAÇÃO