Página inicial > Imaginal > logismos

logismos

segunda-feira 28 de março de 2022

    

EVANGELHO DE JESUS  :
Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência  , e os seus pensamentos (logismos  ), quer acusando-os, quer defendendo-os; (Rom 2:15)

Porque, andando na carne  , não militamos segundo a carne. Porque as armas   da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus   para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos (logismos), e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; (2Co 10:3-5)


Logismos — pensamento   — termo técnico   dos escritos ascéticos para designar a “forma” que toma no campo   da consciência uma influência demoníaca ou, às vezes, também, a ação benéfica da graça  ; daí a importância da discriminação   ou discernimento. PENSAMIENTO (logismós): tiene habitualmente un sentido negativo: se trata de los «razonamientos» que surgen en el corazón (kardia  ) y el intelecto (nous), por un impulso de las pasiones (pathos  ) y por sugestión (prosbole  ) del demonio (diabolos  ). Es tarea de la custodia del corazón impedir el acceso de los pensamientos negativos.
Philokalia   Glossário da tradução francesa Geralmente no sentido de prosbole - provocado por demônios, e qualificado como malígno ou demoníaco; eventualmente de inspiração   divina.

Padres do Deserto  
Os Padres doutos chamaram a essas paixões “logismos”, e os reduziram a oito vícios   capitais, com seus correspondentes demônios. Sua percepção espiritual e psicológica, que incluía, séculos antes da psicologia moderna, vislumbres do mundo inconsciente e de suas motivações, não se reduziria só à análise do modo de peirasmos - tentação dos “logismos”. Incluía também critérios de discernimento e de superação. Podemos aprender   deles que cada “logismo” e cada demônio tem sua própria terapêutica e sua própria maneira de enfrentar e superar. Essas elaborações sobre as paixões capitais e seus demônios nos parecem ingênuas em sua simplicidade, mas pela experiência e conhecimento da natureza humana que nos revelam, são um solo fértil de sabedoria   humana e mística. (A SABEDORIA DO DESERTO - SEGUNDO GALILEA, Paulinas)

Evagrio  
A praktike   consiste segundo Evagrio na análise e na luta   contra os logismos - logismoi : gastrimargia, philargyria, porneia  , orge  , lype  , akedia  , kenodoxia  , hyperephania

Teofano o Recluso  : Teofano Guarda dos Pensamentos - GUARDA DOS PENSAMENTOS; Teofano Logismos - Sobre os pensamentos - SOBRE OS PENSAMENTOS

Ysabel de Andia  : MYSTIQUES D’ORIENT ET D’OCCIDENT
A passagem da multiplicidade dos afazeres e das ocupações do mundo à unidade   do deserto faz aparecer   o múltiplo no interior do homem  : a constituição dos pensamentos que «procedem do coração» vêm de várias fontes. Orígenes, no De Principiis   (III,2,4), distingue três:

Os pensamentos que procedem de nosso coração, que se trate de lembrança de quaisquer fatos, ou bem da consideração   de não importa quais coisas ou de suas razões de ser, encontramos que por vezes, procedem de nós mesmos, por vezes são suscitados pelos poderes adversos, por vezes são enviados por Deus ou pelos santos anjos  .


Cristologia Citações dos Padres - em nosso site francês

Mestre Eckhart  : Eckhart Sermão 2 - SERMÃO 2

Peter Brown  
O mesmo acontecia com a tentação. Consentir nos maus pensamentos (logismos), muitos dos quais eram ocasionados, em primeiro lugar, pelos ruídos surdos do corpo (soma) — sua necessidade   de alimento   e seus impulsos sexuais orgânicos — implicava a decisão de colaborar com outros espíritos invisíveis, os demônios (diabolos), cuja presença   penetrante e próxima do ser humano se registrava no «coração» (kardia) sob a forma de imagens (eikon  ), fantasias (phantasia) e obsessões (epithymia  ) impróprias. É que essas incitações demoníacas também tinham um dinamismo que não podia ser explicado pelo fluxo normal do pensamento consciente. Por conseguinte, para Orígenes, assim como para todos os autores ascéticos posteriores, o «coração» era um lugar em que opções momentosas, de feições ignoradas, condensavam-se misericordiosamente sob a forma de fluxos conscientes de pensamento — os logismoi - logismos. Não era de surpreender, portanto, que o sábio   Salomão tivesse dito: Guarda teu coração com toda a diligência  ? É que consentir nesses logismoi era «consagrar-se» a parceiros demoníacos. Era entregar-se, em muitos outros níveis do eu além da pessoa   consciente, a uma identidade   alternativa: era perder-se para os poderes de entorpecimento que ainda espreitavam nos recônditos obscuros do universo  , e assumir o caráter dos frios espíritos demoníacos que se haviam contentado em existir sem a busca ardorosa de Deus.