PhiloSophia

PHILO = Apreço + SOPHIA = Compreensão

Version imprimable de cet article Version imprimable

Accueil > Oriente > Extremo Oriente > Tao Te Ching > XXIV - Celui qui possède la Voie ne s’en occupe pas

Tao Te Ching

XXIV - Celui qui possède la Voie ne s’en occupe pas

Acordo com o Tao : trabalhar e largar

jeudi 22 février 2018

Waley

He who stands on tip-toe, does not stand firm ;
He who takes the longest strides, does not walk the fastest.
He who does his own looking sees little,
He who defines himself is not therefore distinct.
He who boasts of what he will do succeeds in nothing ;
He who is proud of his work, achieves nothing that endures.
Of these, from the standpoint of the Way, it is said :
Pass round superfluous dishes to those that have already had enough,
And no creature but will reject them in disgust.
That is why he that possesses Tao does not linger.

Wieger

A. A force de se dresser sur la pointe des pieds, on perd son équilibre. A vouloir faire de trop grandes enjambées, on n’avance pas. A se montrer, on perd sa réputation. A s’imposer, on perd son influence. A se vanter, on se déconsidère. A se pousser, on cesse de croître.

B. A la lumière? du Principe, toutes ces manières d’agir? sont odieuses, dégoûtantes. Car elles sont excès, superfétation ; ce qu’une indigestion est à l’estomac, ce qu’une tumeur est au corps. Quiconque a des principes (conformes au Principe), ne fait pas ainsi.

Duyvendak

Sur la pointe des pieds, on ne se tient pas debout.
Avec les jambes écartées, on ne marche pas.
En s’exhibant, on ne brille pas.
En s’affirmant, on ne se manifeste pas.
En se vantant, on ne réussit pas.
En se targuant, on ne devient pas le chef.
D’une telle attitude à l’égard de la Voie, on peut dire : « Une nourriture surabondante et des actions répétées jusqu’à l’écœurement répugnent, sans doute, à (tous) les êtres. »
C’est pourquoi celui qui possède la Voie ne s’en occupe pas.

Matgioi

Qui se dresse sur la pointe des pieds ne reste pas debout. Qui se raidit sur les genoux ne marche pas. Qui regarde ne voit pas toujours clair. Qui possède ne peut toujours jouir. Qui fait des reproches n’a pas toujours de mérites. Qui a du superflu ne peut toujours durer. Voilà parler suivant la Voie. Tous les êtres sont peut-être mauvais ; aussi, celui qui a la Voie, où est-il ?

Haven

Quem fica na ponta dos pés não pode permanecer em pé. Quem mantém as pernas esticadas não pode andar.

Quem se põe em evidência permanece na obscuridade. Quem está satisfeito consigo não é estimado.

Quem se vangloria não tem mérito.

Quem se orgulha de si cessa de crescer.

Em relação ao Tao, tais condutas são como vômitos e tumores, causam repugnância aos seres.

Por isso quem tem o Tao não segue esse caminho.

Mitchell

Aquele que fica na ponta dos pés não fica firme.
Aquele que corre na frente não vai longe.
Aquele que tenta brilhar atenua sua luz própria.
Aquele que se define? não sabe quem realmente é.
Aquele que tem poder sobre os outros não pode se potencializar.
Aquele que se agarra a seu trabalho nada criará que perdure.
Se queres estar de acordo com o Tao, apenas faça teu trabalho, e então largue.

Storniolo

Quando alguém fica na ponta dos pés não pode ter posição firme.

Com as pernas arqueadas não é possível andar.

A fascinação por si próprio não gera muita clarividência.

Se alguém procurar justificar-se, não será a sua própria prova.

Se alguém for pretensioso, não ganhará a confiança.

Se alguém der importância ao próprio êxito, não será durável.

Para o Tao, tais coisas não são mais que “restos” e “comportamento supérfluo”, que contradizem as leis naturais.

Eis por que o homem? que segue o Tao as despreza.


Voir en ligne : TAO TE CHING