Página inicial > Antiguidade > Neoplatonismo (245-529 dC) > Plotino (204-270 dC) – Tratados Enéadas > Guthrie – Ennead I, 1 (53): estrutura do tratado

ENÉADAS

Guthrie – Ennead I, 1 (53): estrutura do tratado

Enéada I, 1

domingo 20 de fevereiro de 2022, por Cardoso de Castro

    

Capítulo 1: Distinções psicológicas na alma  

Capítulo 2: A alma como um agregado composto

Capítulo 3: A alma usa o corpo como instrumento

  • Separação da alma do corpo
  • Relação primitiva entre alma e corpo

Capítulo 4: Consequências da mistura de alma e corpo

  • Mistura de alma e corpo
  • Hipóteses aristotélicas consideradas

Capítulo 5: O organismo vivente

  • Refutação da teoria   das emoções
  • Nem todas as afeições comum para alma e corpo
  • Desejo, não simultâneo com apetite

Capitulo 6: Alma e corpo, pela união formam um agregado individual

  • Sensação implica alma emocional

Capítulo 7: Alma luz forma a natureza animal  

  • Relação do animal a natureza humana
  • Sensação externa e interna
  • Distinção no organismo total

Capítulo 8: Relação individual com o intelecto   cósmico

Capítulo 9: Origem dos males, pecados e erros

  • O intelecto não apreende o objeto ele mesmo
  • Ato verdadeiro de concepção da intuição
  • Modificações derivam de fontes estrangeiras

Capítulo 10: Distinções em «nós» e o «homem   real»

  • Homem real difere de corpo
  • Função da parte comum

Capítulo 11: O princípio superior nem sempre utilizado

  • O princípio animador dos animais

Capítulo 12: A alma ao mesmo tempo impassível e castigável

  • Separação filosófica se refere não apenas ao corpo, mas a acréscimos passíveis
  • Como a natureza do animal é gerada
  • O duplo Hércules simboliza a alma

Capítulo 13: Relação do «nós» e da «alma»

  • Inteligência não nossa, mas nós

Ver online : Plotinos: Complete Works, v. 4