Página inicial > Medievo - Renascença > Gardeil Lógica

Gardeil Lógica

terça-feira 29 de março de 2022

      

Excertos


INICIAÇÃO À FILOSOFIA DE S. TOMÁS DE AQUINO — RESUMO SOBRE ESTE RESUMO BASEADO NA ESTRUTURA   DO LIVRO ESTAREMOS ADITANDO NOTAS, COMENTÁRIOS E EXCERTOS. PRIMEIRA PARTE: INTRODUÇÃO GERAL E LÓGICA
    • INTRODUÇÃO HISTÓRICA E LITERÁRIA.
      • 1. O PROBLEMA INTELECTUAL DA CRISTANDADE NO TEMPO DE S. TOMÁS.
      • 2. CRISTANDADE E CULTURA ANTIGA.
      • 3. A OBRA REALIZADA ATÉ O SÉCULO XIII.
      • 4. A INTRODUÇÃO DA FILOSOFIA DE ARISTÓTELES NO OCIDENTE.
      • 5. AS GRANDES ETAPAS NA VIDA DE S. TOMÁS.
      • 6. PROBLEMAS RELATIVOS ÀS OBRAS DE S. TOMÁS.
      • 7. AS OBRAS DE S. TOMÁS QUANTO AO SEU GÊNERO LITERÁRIO.
      • 8. OS PROCESSOS MEDIEVAIS DE ENSINO.
      • 9. CLASSIFICAÇÃO, QUANTO AO GÊNERO LITERÁRIO, DAS OBRAS DE S. TOMÁS.
      • 10. OS COMENTÁRIOS SOBRE ARISTÓTELES.
      • 11. O COMENTÁRIO SOBRE AS SENTENÇAS.
      • 12. AS SUMAS.
      • 13. OUTRAS OBRAS.
      • 14. A ESCOLA TOMISTA E A INFLUÊNCIA DE S. TOMÁS.
      • 15. OS GRANDES COMENTADORES DE S. TOMÁS E AS CONTROVÉRSIAS TEOLÓGICAS DOS SÉCULOS XVI E XVII.
      • 16. O MOVIMENTO   TOMISTA CONTEMPORÂNEO.
      • 17. OBRAS DE S. TOMÁS.
      • 18. EXPOSIÇÕES GERAIS DA FILOSOFIA DE S. TOMÁS.
      • 19. TÁBUAS E REPERTÓRIOS.
    • NOÇÃO GERAL DE FILOSOFIA.
      • 1. NATUREZA DA FILOSOFIA.
      • 2. FILOSOFIA E EXPERIÊNCIA.
      • 3. FILOSOFIA E CIÊNCIAS.
      • 4. FILOSOFIA E TEOLOGIA.
      • 5. DIVISÃO SEGUNDO ARISTÓTELES E S. TOMÁS.
      • 6. AS CLASSIFICAÇÕES MODERNAS E A ESCOLÁSTICA.
    • INTRODUÇÃO À LÓGICA.
      • 1. DEFINIÇÃO DA LÓGICA.
      • 2. OBJETO FORMAL DA LÓGICA.
      • 3. A LÓGICA COMO CIÊNCIA E ARTE.
      • 4. AS TRÊS OPERAÇÕES DO ESPÍRITO.
      • 5. LÓGICA FORMAL E LÓGICA MATERIAL.
      • 6. SUBDIVISÕES DA LÓGICA DO RACIOCÍNIO.
      • 7. O PENSAMENTO   E SUA EXPRESSÃO VERBAL.
      • 8. BIBLIOGRAFIA.
    • A PRIMEIRA OPERAÇÃO DO ESPÍRITO.
      • 1. A SIMPLES APREENSÃO.
      • 2. O CONCEITO.
      • 3. EXTENSÃO E COMPREENSÃO DOS CONCEITOS.
      • 4. RELAÇÕES ENTRE A COMPREENSÃO E A EXTENSÃO.
      • 5. AS ESPÉCIES DE CONCEITOS.
      • 6. O TERMO.
      • 7. DEFINIÇÃO DO TERMO.
      • 8. DIVISÃO DOS TERMOS.
      • 9. TEORIA   DO NOME E DO VERBO.
      • 10. A DIVISÃO SUJEITO   - CÓPULA - PREDICADO.
      • 11. OS TERMOS COMO PARTES DO SILOGISMO.
    • A DEFINIÇÃO E A DIVISÃO.
      • 1. RAZÃO DE SER DA DEFINIÇÃO.
      • 2. NATUREZA DA DEFINIÇÃO.
      • 3. ESPÉCIES DA DEFINIÇÃO.
      • 4. LEIS DA DEFINIÇÃO.
      • 5. DEFINIÇÃO DA DIVISÃO.
      • 6. ESPÉCIES DE DIVISÕES.
      • 7. LEIS DA DIVISÃO.
    • UNIVERSAIS  , PREDICÁVEIS E PREDICAMENTOS.
      • 1. INTRODUÇÃO.
      • 2. DOS UNIVERSAIS.
      • 3. A OBJETIVIDADE OU A REALIDADE DO UNIVERSAL  .
      • 4. A CAUSA   DO UNIVERSAL.
      • 5. A PROPRIEDADE ESSENCIAL DO UNIVERSAL.
      • 6. DOS PREDICADOS.
      • 7. OS PREDICÁVEIS EM PARTICULAR.
      • 8. O INDIVÍDUO.
      • 9. DOS PREDICAMENTOS.
      • 10. OS TERMOS UNÍVOCOS, EQUÍVOCOS, ANÁLOGOS  .
      • 11. OS PREDICAMENTOS.
      • 12. OS PÓS-PREDICAMENTOS.
      • 13. CONCLUSÃO: A PRIMEIRA OPERAÇÃO NO CONJUNTO   DO PENSAMENTO.
    • A SEGUNDA OPERAÇÃO DO ESPIRITO.
      • 1. DEFINIÇÃO DO JULGAMENTO  .
      • 2. PROCESSOS DE FORMAÇÃO DO JULGAMENTO.
      • 3. A PROPRIEDADE DO JULGAMENTO.
      • 4. A ENUNCIAÇÃO
      • 5. O DISCURSO, "ORATIO".
      • 6. ENUNCIAÇÃO E ATRIBUIÇÃO.
      • 7. EXTENSÃO E COMPREENSÃO NO JULGAMENTO.
      • 8. DIVISÃO DA ENUNCIAÇÃO.
      • 9. AS ENUNCIAÇÕES SIMPLES.
      • 10. OS JULGAMENTOS DE RELAÇÃO.
      • 11. PROPRIEDADES DAS ENUNCIAÇÕES.
      • 12. OS QUATRO MODOS   DA OPOSIÇÃO.
      • 13. A OPOSIÇÃO DAS PROPOSIÇÕES.
      • 14. O CASO DOS FUTUROS CONTINGENTES.
    • O SILOGISMO.
      • 1. LUGAR DO RACIOCÍNIO NO CONHECIMENTO HUMANO.
      • 2. NATUREZA DO RACIOCÍNIO.
      • 3. DIVISÕES DO RACIOCÍNIO.
      • 4. NATUREZA E DIVISÕES DO SILOGISMO.
      • 5. O SILOGISMO CATEGÓRICO.
      • 6. O SILOGISMO HIPOTÉTICO.
      • 7. SILOGISMO HIPOTÉTICO E SILOGISMO CATEGÓRICO.
    • A INDUÇÃO.
      • 1. O PROBLEMA DA INDUÇÃO.
      • 2. NOÇÃO DA INDUÇÃO.
      • 3. OBSERVAÇÃO HISTÓRICA.
      • 4. DEFINIÇÃO DA INDUÇÃO.
      • 5. INDUÇÃO E SILOGISMO.
      • 6. INDUÇÃO COMPLETA E INDUÇÃO INCOMPLETA.
      • 7. O FUNDAMENTO   DA INDUÇÃO.
      • 8. OS MÉTODOS DA INDUÇÃO.
      • 9. A INDUÇÃO E OS MÉTODOS DA DEFINIÇÃO EM ARISTÓTELES.
      • 10. A INDUÇÃO EM FRANCIS BACON  .
      • 11. OS CÂNONES DE STUART MILL.
      • 12. O MÉTODO EXPERIMENTAL.
    • A DEMONSTRAÇÃO.
      • 1. INTRODUÇÃO.
      • 2. A NATUREZA DA DEMONSTRAÇÃO.
      • 3. DEFINIÇÃO DA CAUSA FINAL.
      • 4. DEFINIÇÃO PELA CAUSA MATERIAL.
      • 5. OS ELEMENTOS   DA DEMONSTRAÇÃO.
      • 6. O SUJEITO.
      • 7. A PROPRIEDADE.
      • 8. OS PRINCÍPIOS.
      • 9. AS ESPÉCIES DA DEMONSTRAÇÃO.
      • 10. A CIÊNCIA.
      • 11. O LUGAR DA CIÊNCIA ENTRE OS HÁBITOS INTELECTUAIS.
      • 12. PRINCIPIO DA CLASSIFICAÇÃO DAS CIÊNCIAS.
    • TÓPICOS - SOFISMAS - RETÓRICA.
      • 1. OS TÓPICOS.
      • 2. REFUTAÇÕES SOFISTICAS.
      • 3. A RETÓRICA.
    • CONCLUSÃO.
      • 1. VALOR   E IMPORTÂNCIA DA LÓGICA ARISTOTÉLICA.